Professores e alunos da Benedita chegam à final da European Code League

0
398
A equipa de professores e alunos da Benedita envolvidos no projeto

O Externato Cooperativo da Benedita, através dos professores Inês Madaleno e Samuel Branco e quatro alunos, apurou-se para a final na European Code League, que tem lugar no próximo dia 28, com um projeto para a educação STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em Português).
Esta iniciativa, desenvolvida pela Science on Stage, pretende incentivar professores e alunos a desenvolver projetos ligados à programação e codificação, para inovar as aulas STEM nas escolas primárias e secundárias.
Os professores e alunos da escola da Benedita apresentaram um protótipo de uma casa em que as diversas áreas são controladas por uma placa arduíno e um conjuntos de sensores e atuadores, permitindo controlar a luminosidade, temperatura, entre outros.
Este projeto visa, sobretudo, conhecer melhor a linguagem de programação, compreender o funcionamento da placa, sensores e atuadores utilizados, procurar soluções para os desafios tecnológicos, entro outros.
O protótipo do Externato da Benedita convenceu o júri numa eliminatória em que estiveram em despique projetos de 15 países europeus.
Os docentes envolvidos não são propriamente estreantes nos concursos de programação e robótica, uma vez que já alcançaram outros prémios, nomeadamente no concurso Astro Pi Mission Space Lab, onde a equipa foi uma das 10 finalistas.
Para Samuel Branco e Inês Madaleno, a sensação de conquistar um lugar no pódio “é muito boa, não só pelos prémios, mas também pelo reconhecimento do trabalho realizado e do esforço dos nossos alunos”.
“São oportunidades únicas para os alunos, que esperamos que contribuam para o seu enriquecimento tanto científico como pessoal”, explicam os docentes.
Além dos prémios financeiros, a equipa da Benedita Lá, eles terão a oportunidade de ganhar prémios não em dinheiro e uma viagem para o festival European Science on Stage, que decorrerá de 24 a 27 de março de 2022, em Praga, na República Checa. ■