PSD/ÓBIDOS – Correios de Óbidos mais próximos da população

0
478

O PCP de Óbidos veio publicamente, nos últimos dias, confundir a opinião pública, afirmando, em comunicado, que querem tirar os correios da vila de Óbidos! Trata-se, obviamente, de uma falsidade inadmissível, ainda por cima fundamentada em alegadas declarações de responsáveis do Município, que teriam confirmado este  encerramento.
O PCP tem-nos habituado, nas últimas quatro décadas, à sua dificuldade em lidar com a mudança, a evolução e a democracia. Agora, socorrendo-se de uma falsidade, vem o Partido Comunista  querer dizer à população que o Posto dos CTT de Óbidos vai encerrar,  dando a entender que o mesmo vai passar a funcionar nas instalações  de uma empresa de Óbidos, de um responsável do PSD.
Trata-se de uma calúnia que carece de um inequívoco desmentido. Os CTT vão continuar a funcionar na Vila de Óbidos, não significando isso que o posto não vá transitar para o futuro Balcão a instalar, no âmbito do programa Aproximar, que será subscrito pelo Município de Óbidos, durante o mês de Abril.
A instalação deste balcão é um anseio, não do Município de Óbidos e da Administração Central, mas, sobretudo, da população. Trata-se de  um compromisso eleitoral sufragado pela maioria dos eleitores de  Óbidos nas Eleições Autárquicas. O respeito do PCP pelo ato democrático está bem à vista de todos!
No âmbito do Programa Aproximar, não só os CTT, mas todos os  serviços públicos que funcionam dentro da Vila serão transformados  em balcões de atendimento mais acessíveis, permitindo uma maior comodidade a toda a população, sobretudo à população mais idosa e a todos os que são portadores de deficiência.
O Município de Óbidos nunca pautará a sua linha política primando o imobilismo e a estagnação. O desenvolvimento do Concelho de Óbidos é e será sempre a prioridade, sendo a acessibilidade e a  melhor gestão de recursos públicos um desígnio que a população bem reconhece.
Os CTT sofreram muitas alterações com a introdução de novas formas de comunicação, obrigando os seus responsáveis, a Administração  Central e as autarquias, a procurarem um novo modelo moderno e adequado ao século XXI.
Quer os postos de correio, quer os restantes serviços públicos terão, nos próximos tempos, algumas alterações no seu funcionamento, mas sempre na lógica de os aproximar da população.Ao PCP pede-se apenas que respeite o voto popular e que não use a insinuação e outras formas de estar na política, que não subscrevemos, para confundir aqueles que TODOS temos a missão de servir.

A Comissão Política do PSD de Óbidos