PS/ÓBIDOS – A Dra. Maria Goreti perde a confiança política do PS

0
346

1. O PS de Óbidos e os seus eleitos têm pautado a sua actuação nestes mandatos autárquicos pela seriedade política e pela coerência.
2. Em momento algum um eleito pelo PS em Óbidos foi obrigado a votar desta ou daquela maneira propostas apreciadas em reuniões de Câmara ou em Assembleias Municipais.
3. A única exigência que fazemos aos eleitos do PS em Óbidos é que respeitem os valores políticos pelos quais foram eleitos.
4. A Drª. Maria Goreti Ferreira, ao longo deste seu ainda curto mandato, mostrou continuadamente uma proximidade maior com o PSD e os seus eleitos do que com o PS e o seu colega, Vereador José Machado.
5. Para tais comportamentos a Dr.ª. Maria Goreti nunca apresentou motivos aceitáveis, muito pelo contrário.
6. A Drª. Maria Goreti votou a favor de más propostas do PSD como a da venda do terreno que é, há anos, utilizado para parque de estacionamento, junto às piscinas municipais e ao supermercado Pingo Doce e da proposta de instalação de bombas de gasolina entre a Capela da Memória e a Escola Josefa de Óbidos, em desrespeito pelo PDM e do bom-senso, propostas que o próprio Executivo do PSD veio a assumir como erradas.
7. No caso do Plano e Orçamento para 2011, a Drª. Maria Goreti, em reunião de eleitos e do Secretariado do PS, realizada no dia anterior à reunião de Câmara, concordou com as propostas a apresentar pelo PS. Estranhamente, no dia seguinte, quando o vereador José Machado estava a transmitir ao presidente da Câmara o teor dessas propostas, a vereadora Maria Goreti Ferreira disse que na passada noite tinha mudado de ideias e que já não concordava com parte das propostas. É lamentável este comportamento irresponsável que confunde a legítima liberdade de opinião com o desrespeito dos compromissos que, livre e conscientemente, assumiu na véspera.
8. Se a Drª. Maria Goreti discordava de alguma das propostas do PS devia ter tido a coragem de o dizer na reunião em que participou com os seus colegas de candidatura, preferindo dizê-lo só quando rodeada pelos seus colegas de vereação do PSD.
9. A Drª. Maria Goreti, pela sua actuação desde o início do mandato, comporta-se como estando mais à vontade com o PSD e os seus eleitos, revelando um profundo desrespeito por aqueles que a elegeram e a quem confiaram o seu voto, cidadãos que nunca acreditaram na linha política deste PSD de Óbidos e nos seus protagonistas.
10. Foram dadas todas as oportunidades à Dr.ª. Maria Goreti para justificar esta sua atitude continuada, o que nunca fez.
11. Nos últimos anos, sabemos bem, muitos apoiam o PSD de Óbidos, uns por convicção, que respeitamos, outros por interesse e oportunismo. No PS de Óbidos não há espaço para oportunismos políticos, e preferimos ser menos mas leais à ética política, do que mais mas sem valores.
12. Face ao exposto, e para clarificar toda esta situação, que lamentamos, a Comissão Política do Partido Socialista de Óbidos deliberou, por unanimidade, retirar a confiança política à Dr.ª Maria Goreti Ferreira que assim pode, mais à vontade, alinhar com as decisões do PSD em Óbidos e tornar-se cúmplice política de uma estratégia errada para o Concelho.

A Comissão Política concelhia do Partido Socialista