Interessante Corrida dos Agricultores do Oeste-Concurso de Ganadarias

0
607
Forcados de Caldas pela 87ª vez na sua terra (foto Brian Ferreira)

No dia 29 de Julho realizou-se em Caldas da Rainha um bonito concurso de ganadarias, bem organizado pela empresa Península Estreita. Com um público numeroso e entusiasta a corrida decorreu a bom ritmo e foi um espetáculo interessante.
O toiro de Fernandes de Castro, 550Kg, bem apresentado, nobre, reservado, com escassez de forças, foi bem aproveitado. João Moura na plenitude dos seus 45 anos de ofício, com ferros de qualidade, levou-o com mestria. Na pega Joaquim Grave (Santarém) teve braços e alma para se fechar nos terrenos do toiro, concretizando à 1ª, bem ajudado.
O de S. Martinho,480Kg, malhado, foi mansote e andarilho. Manuel Telles Bastos teve que porfiar para o lidar bem e deixar a ferragem com mérito e classe. Joaquim Lino (Caldas) pegou-o à 4ª enchendo-lhe bem a cara, com ajudas mais em cima, esteve bem na 1ª e 2ª mas o toiro investia de lado e por baixo atingindo-o nas pernas. Na 3ª o toiro fintou o grupo e passou rapidamente ao lado.
O de Vinhas (Prémio de bravura.), 620Kg cardeno e bragado bravo de trapio imponente e Luís Rouxinol Jr. aproveitou bem numa lide audaciosa com ferros de valor. Sem dúvida a melhor da noite. Francisco Cabaço (Santarém) fez tudo bem feito numa grande pega, de antologia, magnificamente ajudado por Francisco Lopes, uma das pegas da noite.
O de Falé Filipe (Prémio de apresentação) 540kg, negro, de grande trapio, com qualidade e nobreza em crescendo. Joaquim Brito Paes voltou a estar muito bem, preocupado em fazer tudo bem feito e com graciosidade, continua no bom caminho. Vasco Gonzaga (Caldas) fez tudo bem, e pegou com classe, mas as ajudas tardaram e saiu com um violento derrote para baixo. À 2ª voltou a estar bem, recuando e fechando-se a preceito, bem ajudado a aguentar poderoso derrotes.
O de Prudêncio, 580Kg, negro de trapio irrepreensível, foi bravo. O jovem praticante Diogo Oliveira não teve capacidade para ele. Tentou fazer bem mas sofreu toques e os cavalos não estavam prontos para um oponente tão exigente. O toiro chegou aos forcados cheio de força e a derrotar João Faro (Santarém e o Grupo estiveram com muito valor mas não conseguiram levar de vencida. Acabou por resolver à 3ª com ajudas carregadas.
O de Veiga Teixeira, 600Kg, negro bonito em crescendo foi lidado pelo praticante Tristão Telles Queiroz que com alegria e comunicação e alguns ferros interessantes, mostrou a evolução do seu toureio. António Appleton (Caldas) concretizou muito bem, com energia e fazer tudo bem feito, bem ajudado numa “guerra” conjunta com um toiro que bateu bastante. Outra das pegas da noite.
Dirigiu criteriosamente Ana Pimenta abrilhantou a Banda de Caldas da Rainha. O júri do concurso foi o Dr. Vasco Lucas, José Luís Gomes e Pedro Graciosa. ■