Ferreira da Silva

0
842

Mano, estava previsto para esta edição da Gazeta, um suplemento sobre a tua vida e obra.
Não sei se, afinal, sairá no primeiro aniversário da tua partida.
Só interessa recordar-te bem, por isso, incluo, com a devida vénia, a fotografia que a Margarida Araújo fez para me dizer em 9/12/2015, que já estavas em forma, depois de alguns percalços.
A obra fala por ti. Há que respeitá-la.
Sempre.
Jorge F. Ferreira