Homenagem ao Dr. Mario Gonçalves

0
267

O Dr. Mário Gonçalves sempre foi uma pessoa conhecida e respeitada pela sua educação e intervenção Cívica de Cidadania em prol da cidade e da comunidade das Caldas da Rainha.
No dia 8 de Agosto de 2008, foi publicada por D.L. e através da comunicação social local, a separação do Centro Hospitalar e a admissão da alienação do património do Hospital Termal!
De imediato surgiu um grupo de pessoas que procedeu a um abaixo-assinado para ser entregue na A.R., contando, desde logo, com o voluntarismo do Dr. Mário Gonçalves, que se disponibilizou para dar o seu contributo, não só através do conhecimento que tinha sobre o H.T., como através de todos os documentos necessários para podermos defender a nossa tese na Assembleia da Republica.
Foi muito gratificante viver esta cumplicidade ao longo daqueles 7 meses e até ser proferida a decisão da A.R. que acabou por nos ser favorável. A partir desta altura não nos separámos mais, e decidimos continuar, formando a CCHTPRDL, da qual fazia parte o Dr. Mário Gonçalves.
Deixo aqui o registo de algumas histórias vividas: Existia um vidro partido na fachada do H.T. e a Comissão decidiu comprar o vidro, que custou 10€. Prontamente o Dr. Mário Gonçalves e o seu amigo, Dr. Jorge Varanda, se disponibilizaram para entregar o vidro ao Administrador do H.T.. Esta ação gerou grande discussão na presença da comunicação social e muita tinta fez correr. Foi uma oportunidade única para demonstrar publicamente a indignação dos caldenses pelo encerramento prolongado do H. T. com uma Administração que “não lhe dedicava a importância que merecia”.
O Dr. Mário Gonçalves esteve sempre presente em todas A.M. munido de documentos que só ele possuía. No dia 26 de Abril de 2014 também marcou presença no evento Corrente Humana em Defesa do H. T..
A 30 de Junho de 2014, também colaborou com a Comissão Cívica H.T. na apresentação de um manifesto que incluía várias propostas, entre elas, a exploração da água mineral termal que deveria manter-se sob a responsabilidade do H.T. e rejeitando a possibilidade da concessão a privados. Propôs ainda a instalação de um hotel termal nos atuais pavilhões do parque “como forma de incrementar a frequência das termas na perspetiva do desenvolvimento do denominado turismo de saúde”.
Não há palavras para descrever este Grande Senhor! Mas faço questão de deixar o meu Obrigado ao Sr. Dr. Mário Gonçalves, figura ilustre das Caldas da Rainha, um profissional de excelência e um ser Humano único, muito ponderado e sempre muito atento aos interesses dos Caldenses. ■

Comissão Civica do Hospital Termal e Patrimonio R.D.Leonor