Sugestão para as férias

0
604

Ainda a propósito do apelo feito pelo Sr. Presidente da República –  “Vá para fora cá dentro”, para os portugueses se conterem e não desatarem a ir de férias para o estrangeiro, porque os tempos são de crise (calculo que todos os senhores ministros e deputados irão ser sensíveis a este apelo e darão o bom exemplo à Nação), gostaria de deixar aqui uma sugestão para as pessoas que, como eu, estão verdadeiramente a sentir a crise.
Estou desempregada depois de ter trabalhado muitos anos (comecei a sério aos 18) e tenho 45 anos, ou seja, estou há 15 anos fora de prazo para a idade limite que as empresas portuguesas querem porque o curriculum, a experiência e os conhecimentos não contam para nada. O meu marido trabalha na incerteza dos contratos sucessivos a prazo e ganha o ordenado mínimo nacional.
Ora, vivendo nós na zona das Caldas, a minha sugestão é que passemos as nossas férias de Verão na estação dos comboios da cidade.
Ela está sempre deserta – podemos repousar, bate lá bastante sol – ficaremos com  bronzeados dignos de quem esteve nas Caraíbas, e é lá que fica o armazém do Banco Alimentar Contra a Fome – sempre podemos ir petiscando, já que grande parte do tal ordenado mínimo é gasto praticamente em combustível para o membro do casal que ainda tem a sorte de ter emprego poder ir trabalhar. É que nem todos podemos viver na cidade e alguns meios rurais não têm transportes públicos.
Fica aqui a minha sugestão. Encontramo-nos lá então este Verão. Combinado? Boas Férias.

Ana Isabel Pinto