A todos os que conheceram a Maria do Céu

0
2875
Notícias das Caldas
Maria do Céu | D.R.

Numa época em que alguns consideram um desperdício o Sistema Nacional de Saúde (um dos melhores da Europa), em que, e muito bem, chovem críticas quando algo corre mal, é nosso dever enaltecer o serviço público de qualidade que foi prestado à nossa mãe.
Os filhos de Maria do Céu Pinto de Mendonça congratulam o empenho, a dedicação, o profissionalismo de todos os médicos e enfermeiros que salvaram a sua mãe nas várias vezes em que foi socorrida nas urgências e internada em Medicina Interna.
Vêm por este meio agradecer à equipa do SO das urgências e de Medicina Interna do Centro Hospitalar do Oeste Norte todo o seu trabalho na recuperação da nossa mãe, a sua atitude na relação connosco quando pedíamos informações, salientando a título de exemplo o Dr. Luís Vale-Flores, a Dra. Tânia Gaspar, a Dra. Teresa Martinho, a Dra. Manuela Ricciulli, uma vez que não podemos identificar todos.

Mas, a todos estamos muito gratos pelo carinho e atenção dispensada, pela esperança que lhe deram de que poderia sempre melhorar, permitindo que morresse calma e sem sofrimento. Esse ficará connosco durante muito tempo.
Quando se fala da Maria do Céu, a primeira imagem é o sorriso, a gargalhada, a conformação com as situações, a capacidade de fintar e afastar tudo o que lhe roubasse a alegria.
A nossa Céuzinha foi a amiga que todos gostariam de ter, a vizinha que todos gostariam de ter, a professora que todos gostariam de ter; foi também a madrinha e a sogra que todos gostariam de ter.
Foi a nossa mãe e também a avó — tolerante, companheira, conselheira, fazendo-nos compreender que no fim as decisões são sempre nossas mas as consequências também, e que a partir desse ponto não se poderia sentir responsável pelas nossas opções.
Muitos dos nossos amigos, desde a infância à adolescência, e até já na idade adulta, beneficiaram dos seus conselhos, da sua tolerância, generosidade e alegria.
A todos os ex-alunos, colegas, amigos e parentes, agradecemos as vossas palavras, a vossa presença física e espiritual.

Cristina Mendonça de Sousa
Pedro Mendonça de Sousa