BE quer mais e melhor ferrovia no Oeste

0
1159
Ricardo Vicente e a comitiva do Bloco na estação das Caldas

O cabeça de lista do Bloco de Esquerda por Leiria às eleições autárquicas, Ricardo Vicente, viajou na passada segunda-feira, 30 de Setembro, na Linha do Oeste entre as Caldas da Rainha e Leiria.
“Queremos destacar a importância vital da requalificação e eletrificação da Linha do Oeste para o futuro da região”, disse o candidato aos jornalistas antes de embarcar, na estação das Caldas da Rainha.
Ricardo Vicente afirmou que o Bloco defende a intervenção até ao Louriçal e não apenas até às Caldas da Rainha, mas vai mais além, sugerindo a construção de dois novos troços, ambos de ligação à Linha do Norte. Um deles entre o Louriçal e Aveiro e outro entre Peniche e Santarém. Estes novos traçados seriam o garante de “uma rede mais robusta”, realçou.
O plano do BE para a ferrovia pretende contribuir para a descarbonização do país. Mas além da electrificação, é também necessário garantir que a electricidade que alimenta os comboios provém de fontes renováveis, pelo que o Bloco propõe encerrar a centrais termoelétricas para investir em centrais fotovoltaicas. O partido pretende ainda cancelar os contratos de concessão existentes para exploração petrolífera que vigoram entre as Caldas da Rainha e Soure.
Além das questões ambientais, Ricardo Vicente mostrou-se sensível à questão do financiamento do IPL, que “precisa de planos de investimento plurianuais”.
A necessidade de apoio às frotas pesqueiras nos concelhos de Peniche e Nazaré, assim como o investimento na saúde, não só no CHO, como em Leiria, são outros temas em destaque na campanha bloquista.