Más contas na Foz do Arelho

0
4497
As contas da Junta de Freguesia deverão ser auditadas, bem como os mecanismos de controlo da despesa | CARLOS CIPRIANO

A Assembleia de Freguesia da Foz do Arelho pediu uma auditoria às contas de 2015 da Junta depois de o contabilista ter revelado que havia entre 20.000 a 30.000 euros de despesas sem comprovativos e de o presidente daquela autarquia, Fernando Sousa, ter admitido que houve cheques levantados irregularmente que escaparam ao seu controlo.
No espaço de três anos, o executivo da Foz do Arelho viu demitirem-se dois tesoureiros, em conflito com o presidente da Junta, o qual admite que tem “falta de experiência” na gestão contabilística, mas garante que todas as saídas de dinheiro se destinaram a pagamentos apesar do respectivo suporte documental não estar correcto.
Numa Assembleia de Freguesia extraordinária realizada a 3 de Junho, as contas da Junta relativas a 2015 foram aprovadas apenas com um voto a favor, tendo-se abstido os restantes membros do PSD, CDS, PS e do próprio MVC.
A secretária da Junta de Freguesia, Maria dos Anjos, que é simultaneamente eleita e funcionária da autarquia está de baixa desde Outubro do ano passado, estando incompatibilizada com o presidente.