Fernando Costa reeleito presidente da distrital de Leiria do PSD “com largo consenso”

0
590

notícias das CaldasO presidente da distrital de Leiria do PSD, Fernando Costa, foi reeleito nas eleições realizadas no passado domingo. A lista que encabeçou foi a única que se apresentou a votos e obteve 879 votos a favor. Registaram-se ainda 43 brancos e 14 nulos.
“Óbidos e Leiria não estão representados como concelhias, mas Óbidos apoiou a lista, apenas a concelhia de Leiria não o fez”, explica Fernando Costa, destacando tratar-se de uma lista abrangente.

O também presidente da Câmara das Caldas considera que a votação mostra que “há um largo consenso em torno desta lista e da minha recandidatura”.
Na lista figuram como vice-presidentes Rui Rocha, presidente da Câmara de Ansião e Teófilo Santos, advogado de Leiria. O deputado da Assembleia da República e presidente do PSD da Batalha, Paulo Batista, tem as funções de tesoureiro e de secretário distrital.
Os autarcas Paulo Inácio (Alcobaça), João Marques (Pedrogão Grande), Narciso Mota (Pombal) e Paulo Morgado (Alvaiázere) são vogais, assim como os presidente de concelhia João Carlos Barreiras Duarte (Bombarral), Carlos Venda (Porto de Mós) e João Cardoso (Figueiró dos Vinhos).
Fazem ainda parte da lista de Fernando Costa o ex-governador civil, José Leitão (Peniche), António Cabeço (Marinha Grande), Joaquim Pequicho (Nazaré), Pedro Graça (Castanheira de Pêra) e o vereador Hugo Oliveira (Caldas da Rainha).
A mesa da Assembleia Distrital tem como presidente José Gonçalves Sapinho, ex-autarca de Alcobaça, seguido pelo deputado Fernando Marques, de Ansião. Os autarcas José Lalanda Ribeiro (Caldas da Rainha), Diogo Mateus (Pombal) e Carlos Henriques (Batalha), completam a lista deste órgão.
No órgão jurisdicional do PSD distrital estão os advogados Luís Castelhano (Alcobaça), João Pereira (Marinha Grande), Sofia Neves (Pedrogão Grande) e Olga Silvestre (Porto de Mós). Silvestre Carvalhana, presidente da junta de freguesia de São Mamede (Batalha), Daniela Serrano e Miguel Sousinha (Nazaré) completam esta candidatura.

Preparar as autárquicas de 2013

O grande objectivo desta distrital é “dialogar com o governo e pressioná-lo para resolver os maiores problemas do distrito”, refere o seu presidente, que elege como prioridades o combate ao aumento do desemprego e as dificuldades das pequenas e médias empresas.
Para além disso, Fernando Costa destaca ainda a defesa da Linha do Oeste e da Lagoa de Obidos, o reforço da acção do Instituto Politécnico de Leiria e as questões de saúde.
A comissão politica distrital vai ter “a tarefa ingrata” de preparar o processo das eleições autárquicas de 2013, num “momento de ciclo politico-partidário difícil para o PSD, tendo em conta as grandes dificuldades por que o pais está a passar”, salientou à Gazeta das Caldas o recém-eleito dirigente distrital.
Num distrito maioritariamente laranja, com o PSD  a comandar 11 das 16 autarquias, Fernando Costa diz que será um bom resultado manter o mesmo número de municípios, mas não esconde que gostaria de voltar a ganhar a Câmara de Leiria, que actualmente é liderada pelo PS. “É uma tarefa difícil, mas possível se, em Leiria, todos derem as mãos”, diz.
Actualmente estão a trabalhar em conjunto com os deputados eleitos por Leiria e com as autarquias na elaboração de um levantamento sobre os problemas do distrito.