Localização do Hospital gera discórdia no PSD

0
357

A Comissão Política de secção do Bombarral do PSD discorda “lealmente” das intervenções do vereador e deputado caldense, eleito pelo distrito de Leiria, e presidente da distrital, Hugo Oliveira, em que exprime “de forma veemente” a sua discordância com a localização do futuro Hospital do Oeste. “Não temos conhecimento que tal postura seja representativa da posição oficial do PSD sobre esta matéria, nem que tal resulte de quaisquer estratégias, mas apenas de posições individuais, tomadas, a nosso ver, na qualidade e local indevidos”, dizem em comunicado. Da mesma forma, condenam e lamentam a atitude da secção política do PSD de Torres Vedras, ao colocar um cartaz/outdoor “com o intuito de diminuir a imagem e a importância estratégica do concelho do Bombarral, em sentido contrário à posição assumida publicamente pela Comissão Política PSD Área Oeste”.
O PSD do Bombarral reitera a satisfação com a opção tomada pelo ministro da Saúde e que esperam venha a tornar se uma realidade. Lamentam que a decisão não tenha obtido a desejável unanimidade dos membros da OesteCIM e dizem respeitar o “livre direito de expressão” de quem não concorda localização escolhida, nomeadamente os municípios das Caldas e de Óbidos. Contudo não se identificam com a sua opção por manifestar, “de forma indelicada”, a sua discordância com a localização, “com a argumentação enunciada, nem com a postura adotada, em alguns casos com afirmações que não correspondem à realidade, e que traduzem um claro desrespeito pelo concelho e população do Bombarral”.
Concluem manifestando que é necessário manter toda a “atenção e perspicácia quanto à consolidação do procedimento, para que a passagem das palavras aos atos seja uma realidade e não se repitam atrasos ou retrocessos”. ■