PSD/Alcobaça mantém confiança política em Hermínio Rodrigues

0
442

A Comissão Política Concelhia de Alcobaça do PSD reuniu, esta terça-feira, tendo decidido renovar a confiança política no vice-presidente da Câmara, Hermínio Rodrigues, acusado pelo Ministério Público dos crimes de prevaricação de titular de cargo político e participação económica em negócio no âmbito de uma parceria público-privada (PPP) com o consórcio liderado pela MRG.

A estrutura social-democrata considera que o autarca, que preside ao conselho de administração da empresa Cister Equipamentos Educativos, actuou “de boa fé”, na perspectiva “de defender o Município de Alcobaça, sem benefício próprio”.

O PSD/Alcobaça recorda que, em 2008, a Câmara pretendia “dar cumprimento à Carta Educativa” e que “os constrangimentos financeiros à época levaram o Município a constituir uma parceria público-privada, de forma a tornar possível a execução desses equipamentos”, tendo Hermínio Rodrigues, que era vereador no derradeiro mandato de José Gonçalves Sapinho, defendido os interesses da autarquia nesse processo.

Também acusado pelos mesmos crimes está o antigo adjunto de Gonçalves Sapinho, Eduardo Nogueira, ex-administrador executivo da empresa municipal Terra de Paixão e que, neste mandato autárquico, é deputado municipal eleito como independente pelo CDS-PP.