Rui Rocha prepara candidatura na Benedita

0
192
Autarca lidera, há 12 anos, a única junta de freguesia do CDS/PP nas Caldas

Impedido de se voltar a candidatar à Junta de Santa Catarina, pondera avançar com lista à freguesia vizinha

Rui Rocha é um dos dois autarcas do concelho das Caldas da Rainha impedidos de se recandidatar nas próximas eleições autárquicas, devido à lei de limitação de mandatos, mas o presidente da Junta de Freguesia de Santa Catarina tenciona continuar a desempenhar funções públicas. Nesse sentido, está a preparar uma candidatura à freguesia da… Benedita, no concelho de Alcobaça.
Neste momento, falta apenas saber se Rui Rocha avançará como candidato à junta da Benedita através de um movimento de independentes ou pelo CDS/PP, partido para o qual ganhou, nas últimas três autárquicas, a única junta no concelho das Caldas.
Nos últimos tempos, o empresário da construção civil, que estudou na Benedita, tem vindo a recolher apoios, que foram reforçados, em janeiro, quando foi eleito presidente da Cooperativa Agrícola da Benedita. E, também por isso, considera ter condições para constituir uma lista que possa conquistar a Junta ao PSD, partido que recuperou a autarquia em 2017, por Maria de Lurdes Pedro, num ato eleitoral, de certo modo, algo atípico.
Numa situação poucas vezes vista, o Tribunal Constitucional recusou aceitar a lista de independentes liderada por João Raul, que tinha sido eleito presidente da junta quatro anos antes nas listas do PS e que recusara recandidatar-se pelos socialistas, o que poderá ter baralhado os dados da eleição, que foi muito renhida. O PSD acabou por vencer a junta com uma curta diferença de 56 votos para o CDS/PP, mas sem maioria absoluta.
Quatro anos volvidos, o despique eleitoral na Benedita promete suscitar grande interesse, dado que o PS deverá apresentar-se com candidato próprio e, além disso, ainda não é garantida a recandidatura de Maria de Lurdes Pedro.
A Comissão Política Concelhia de Alcobaça do PSD já fez saber que pretende convidar todos os presidentes de junta em exercício para tentarem mais um mandato, mas a presidente da junta ainda não se pronunciou. ■

 

Presidente da Junta de Santa Catarina

pode avançar como independente ou pelo CDS/PP,

partido que perdeu a Junta em 2017 por apenas 56 votos