Vereadora de Alcobaça renunciou ao mandato

0
525
Inês Silva, que tinha vários pelouros, trabalhava na Câmara há uma década

Inês Silva, vice-presidente, demitiu-se, deixando a Câmara e a Concelhia do PSD

Inês Silva, vice-presidente da Câmara, enviou ao presidente da autarquia de Alcobaça, Hermínio Rodrigues, a sua carta de renúncia ao mandato de vereadora. Fê-lo na quinta-feira, dia 13 de julho e não quis revelar os motivos, remetendo a explicação da sua saída para o edil alcobacense. À Gazeta das Caldas contou que esta decisão lhe levou “um ano e meio a tomar”. Segundo a ainda autarca, esta renunciou também ao cargo de vice-presidente da Comissão Política da Concelhia do PSD de Alcobaça.
Inês Silva entrou na autarquia em 2013 a convite do anterior presidente, Paulo Inácio, e desempenhou funções nos pelouros da Cultura, Educação, Ação Social, Associativismo, Juventude, Desporto, Investigação, infraestruturas e turismo.
A autarca afirmou que foram 10 anos de trabalho “muito gratificantes com as pessoas e para as pessoas”, tendo sublinhado a importância do trabalho em equipa. O presidente Hermínio Rodrigues diz que a renúncia ao mandato da vice-presidente, Inês Silva, “é uma decisão pessoal, a qual apenas me compete aceitar”. Acrescentou que a autarca “fez um excelente trabalho no que diz respeito à cultura do concelho de Alcobaça, sempre em prol do desenvolvimento e da coesão territorial”. Porém, “todos sabemos que nada é eterno”, referiu. Hermínio Rodrigues quis ainda “garantir a todos os munícipes que temos um projeto delineado para o concelho, e vamos continuar a executá-lo. Foi para isso que fomos eleitos”. À questão sobre quando e por quem será Inês Silva substituída, respondeu que a comunicação das alterações no executivo será feita em reunião de Câmara. A próxima está marcada para segunda-feira, 24 de julho. ■