91 FM assinalou 37 anos e relançou projeto

0
179
A equipa da 91 FM levou a rádio para a estrada

Rádio reestruturou projeto, quer ganhar proximidade com público e dimensão regional

A equipa da rádio 91 FM comemorou na passada terça-feira, 21 de março, os 37 anos da frequência, que começou por ser a Rádio Litoral Oeste, baseada em Óbidos. A data serviu, também, para relançar o projeto da 91 FM.
“O objetivo desta ação da rádio, mais do que assinalar o aniversário, é comunicar que estamos aqui, reforçar que temos uma nova equipa, uma nova imagem, mas que vai estar com a mesma projeção ou ainda mais, daqui para a frente” conta Humberto Aguiar, diretor de programação da estação que tem sede nas Caldas.
A rádio realizou um evento especial ao longo do dia, com um autocarro descapotável cedido pela Rodoviária do Oeste que, decorado com a linguagem visual da 91 FM, andou em Óbidos de manhã e nas Caldas da Rainha de tarde, onde levou para o “ar” conversas com os autarcas dos dois concelhos e também com um conjunto de convidados.
O dia acabou nas instalações da rádio com o corte do bolo de aniversário.
O novo projeto que tem vindo a ser preparado por Humberto Aguiar e a equipa da rádio no último ano, é dar dimensão à 91 FM. “Queremos que seja uma rádio mais regional do que só local, com uma abrangência até será para a Alcobaça, Batalha e Leiria a norte, e para sul até Bombarral, Cadaval e Rio Maior.
Para isso, a 91 FM quer diferenciar-se também ao nível da programação mais próxima da população, não só no contacto na rua, como inserindo conteúdos de natureza social, nas áreas da educação, da psicologia, primeiros socorros, entre outras, “sempre com parcerias com pessoas formadas na área”, destaca Humberto Aguiar. Os conteúdos vão para o ar nas ondas do éter, mas também através de podcasts, na internet.
“Também vamos reforçar os passatempos, com protocolos que estamos a realizar com a hotelaria local”, acrescenta Humberto Aguiar, e com outras entidades, como os municípios.
A nivel musical, a aposta é nacional e no “flashback”, apelando às canções que trazem boas memórias aos ouvintes. ■