ACeS coloca médico em A-dos-Francos e Landal

0
365
Em A-dos-Francos o Centro de Saúde foi remodelado este ano e passa agora a ter médico diariamente

Na área da Saúde houve recentemente uma boa novidade no concelho, com 1700 utentes de A-dos-Francos e Landal a passarem a ter médico de família, através da colocação de um médico, diariamente, no pólo de A-dos-Francos. “Esta resposta assistencial é garantida pelo alargamento da USF Rainha D. Leonor, coordenada por Isabel Ramos e que conta com mais três profissionais na sua equipa”, esclareceu o ACeS Oeste Norte. “A USF Rainha D. Leonor está sediada nas Caldas, passando a contar com nove médicos, nove enfermeiros e sete assistentes técnicos, garantindo o acompanhamento de 16.437 utentes inscritos num regime de intersubstituição”. A medida surge no decurso do plano estratégico e “era uma prioridade do Executivo do ACeS, dada a distância a que estes utentes se encontram da sede do concelho, o que tornava mais difícil o seu acesso a cuidados médicos e de enfermagem”.
Num concelho com 18 mil habitantes sem médico de família, o presidente da Câmara, Vítor Marques, mostra-se também preocupado com os casos da Foz do Arelho e de Alvorninha, uma vez que em Santa Catarina o problema está perto de ser amenizado, com a disponibilidade de uma médica, três a quatro dias por semana. “Para Alvorninha irá o médico que estava em A-dos-Francos, mas está atualmente numa formação”, referiu, explicando que, no caso da Foz do Arelho, será garantido o transporte dos utentes para o Centro de Saúde na cidade. O problema é que também aí se sentem “dificuldades em dar resposta”. ■