Alcobaça quer candidatar baía a património mundial

0
528

A Assembleia Municipal de Alcobaça aprovou, na passada sexta-feira, por unanimidade, uma proposta do PS, que defende a apresentação de uma candidatura da baía de São Martinho do Porto a Património Natural da Unesco.
A candidatura é justificada por Rui Alexandre, deputado municipal e líder do PS/Alcobaça, com a “obrigação” de o país inventariar, proteger, conservar e valorizar os bens culturais e naturais, existentes no seu território, de modo a que, os mesmos, possam ser transmitidos às gerações futuras.”
A moção aprovada por unanimidade prevê que a Câmara lidere o processo de candidatura em parceria com o PS/Alcobaça e outros agentes locais.
Para o autor da proposta, que espera “rápidas diligências” da autarquia neste processo, o reconhecimento da baía como património da Unesco “contribuirá para o fortalecimento da integridade e da criação de uma responsabilidade partilhada, no sentido da conservação e salvaguarda de um património de inquestionável relevo excecional”.
O presidente da Câmara considerou a proposta “apropriada”, mas para Paulo Inácio é necessário constituir uma comissão científica para o efeito. “Tem de ser bem estudado o dossiê”, frisou o autarca do PSD, classificando São Martinho do Porto como “um dos locais mais bonitos do mundo do ponto de vista paisagístico.”
No entender do presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Clérigo, a “ideia é boa”, sendo necessário “concretizá-la”. “Apoio a iniciativa e estou disponível para trabalhar no sentido de materializar uma proposta que, caso seja aprovada, dará um reconhecimento ainda maior à baía”, declarou o autarca à Gazeta, mostrando-se “muito satisfeito pela unanimidade” da Assembleia Municipal.