Ana lectivo arrancou em Óbidos com “Banco do Tempo”

0
521

notícias das CaldasEm Óbidos o ano lectivo arrancou a 15 de Setembro, com milhares de alunos, professores, funcionários e pais juntaram-se nos complexos dos Arcos, Furadouro e Alvito e no novo Jardim de Infância da Usseira, que funciona numa antiga escola primária remodelada. Ao todo, são quase 1900 alunos que vão frequentar as aulas nos jardins-de-infância, primeiro, segundo e terceiro ciclos, secundário e educação de adultos.

Entre as novidades apresentadas estão o banco do tempo, cuja primeira medida a ser implementada é o “Apadrinhamento Educativo”.  O objectivo passa por apoiar as famílias, que têm dificuldades no acompanhamento educativo das suas crianças, com uma bolsa de pedidos (beneficiários) e de voluntários (padrinhos).
Um voluntário “padrinho” poderá disponibilizar-se para ceder algum tempo da sua semana para apoiar uma criança cuja família, por motivos diversos, não está tão disponível quanto gostaria. Este apoio pode consistir na ajuda na realização de tarefas escolares, ou em proporcionar momentos de lazer e estimulação cognitiva e emocional, durante um período acordado entre as partes envolvidas.
Qualquer munícipe pode inscrever-se para beneficiar do apoio fornecido por este projecto ou, enquanto voluntário para tornar-se “Padrinho” de uma criança. Basta, para isso, preencher uma ficha de inscrição que se encontra disponível nas secretarias dos Complexos Escolares de Óbidos e no Portal da Educação (www.escolasdo bidos.com).
Este portal, foi também lançado no passado dia 15 de Setembro e disponibiliza todas as informações relacionas com o projecto educativo deste município. Os pais e encarregados de educação passam, através desta nova ferramenta a ter acesso a notícias e informações relacionadas com a educação, desde o pré-escolar ao segundo ciclo, bem como de toda a oferta educativa dos diversos estabelecimentos de ensino.

Projecto da Escola Municipal já arrancou no Arelho

No passado dia 15 de Setembro arrancou também o projecto da Escola Municipal em Óbidos, que assenta num trabalho de maior proximidade entre professores e educadores, envolvendo o Agrupamento de Escolas, instituições de ensino superior e outras Instituições como parceiros.
Numa primeira fase, o projecto desenvolve-se no Jardim de Infância do Arelho, com a participação de dois grupos de pré-escolar, dois educadores de infância e um professor do primeiro ciclo do ensino básico.
A metodologia assenta no “sócio-construtivismo, sem que haja um modelo curricular específico”, explica nota de imprensa da autarquia. A equipa de trabalho irá procurar aplicar estratégias de alguns modelos que considera serem os mais ricos, que são adaptáveis ao contexto de Óbidos e que dão mais garantias de sucesso nos contextos de pré-escolar e primeiro ciclo do ensino básico.
Um dos modelos a aplicar será a abordagem de Reggio Emília (Itália) que é uma das referências mundiais ao nível da educação pré-escolar. Óbidos estabeleceu uma parceria com a escola italiana, pelo que os participantes do projecto da escola municipal terão oportunidade de receber formação em Óbidos e Reggio Emilia.