Apanha de bivalves interdita na Lagoa de Óbidos

0
512

A Lagoa de Óbidos é um dos locais do país onde está interdita a apanha e captura de bivalves em Portugal devido à presença de toxinas.
O ponto de situação da situação das biotoxinas marinhas emitido a 11 de Junho pelo Instituto de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR) proíbe a captura de todos os bivalves na lagoa devido a valores elevados de biotoxinas DSP (que provocam intoxicação diarreica) nas análises que são feitas semanalmente.
Em 2007, num período em que também esteve proibida a apanha, surgiram no hospital das Caldas dois casos com complicações do foro neurológico que se suspeitou na altura terem sido causadas por uma intoxicação alimentar com bivalves apanhados na Lagoa de Óbidos. Isto porque há muitas pessoas que continuam a apanhar e a consumir, apesar da interdição.
Devido à presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas acima dos valores regulamentares, está interdita também temporariamente a apanha e captura em várias zonas de produção da ria de Aveiro, estuário do Mondego e ria Formosa, entre outras.

P.A.