Aspiring Geoparque do Oeste: Um território de história, arte e termas

0
181

Que os Templários se estabeleceram em Portugal, para ajudar os primeiros reis portugueses na reconquista cristã já muita gente sabe, o que não é do conhecimento de muitos é que também passaram pelo território do aspiring Geoparque Oeste.
Uma das ligações mais proeminentes entre a Ordem dos Templários e a Lourinhã faz-se através de D. Jordão, um fidalgo francês integrado na Segunda Cruzada ao Oriente, primeiro Senhor da Lourinhã, título concedido por D. Afonso Henriques, em 1160, no primeiro foral desta, agora, vila. São evidentes as marcas da passagem da Ordem dos Templários pela região, que deixaram a sua marca, essencialmente, nas igrejas. Prova disso é a igreja de Santa Maria do Castelo, na Lourinhã, que surpreendeu todos os participantes da última sessão de ConversAndo, o ciclo de conversas e caminhadas do aspiring Geoparque Oeste, que decorreu no passado dia 11 de fevereiro, e teve como tema “Por Terra de Templários”, contando com José Manuel Anes e Manuel Furtado como oradores que, com a moderação de Vanessa Antunes, mostraram os caminhos e segredos desta Ordem Militar.
“Por fontes e termas” é o mote da próxima conversa que se realiza a 25 de março, no complexo do Hospital Termal das Caldas da Rainha, e que terá como objetivo dar a conhecer a origem, características e qualidade das águas do território do aspirante Geoparque Oeste.
Com a chegada da Primavera, chegam também as caminhadas. A primeira deste ciclo decorre a 26 de março sob o tema “Caldas da Rainha – Cidade criativa da UNESCO”. Durante o percurso será possível abordar diversos espaços museológicos e ficar a conhecer melhor esta chancela UNESCO. Todas as conversas e caminhadas do ciclo ConversAndo são gratuitas mas de incrição obrigatória em www.geoparqueoeste.com.

Sabia que?
O Hospital Termal das Caldas da Rainha é o mais antigo do mundo. Mandado construir pela rainha D. Leonor no se.XV, que ficou a conhecer as propriedades das águas por mero acaso, durante uma viagem entre Óbidos e Batalha. Foi então que mandou erguer o Hospital Termal e concedeu foral àquele local, na altura com 30 moradores, atualmente, cidade de Caldas da Rainha.

Explore…
Rota “Em terras de templários”
Duração: 1 dia

Meio de transporte: Carro
Pontos de interesse: Museu Municipal Leonel Trindade, Centro de Interpretação do Castelo de Torres Vedras, igreja Santa Maria do Castelo, Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia e igreja de São Leonardo.

Mais informações em www.geoparqueoeste.com ou na app Visit Oeste Portugal.■