Assembleia Municipal do Bombarral quer reposição das freguesias extintas

0
385

A Assembleia Municipal do Bombarral aprovou por unanimidade, na sessão de 25 de setembro, uma moção da CDU que visa a reposição das freguesias extintas no processo de reorganização administrativa de 2012 e que passou a ter efeitos práticos nas autárquicas do ano seguinte.
O documento solicita ao Governo que o processo de reposição “esteja concluído de forma a assegurar as eleições” autárquicas de 2021.
Com o processo de reorganização administrativa, o concelho do Bombarral passou de cinco para quatro freguesias, com a criação da União de Freguesias do Bombarral e Vale Covo, tendo mantido as freguesias de Pó, Roliça e Carvalhal.
Porém, para os autores da moção, a extinção de freguesias “não trouxe ganhos financeiros nem contribuiu para o reforço da coesão territorial, antes acentuou as assimetrias regionais já existentes”. Perdeu-se a identidade de cada freguesia e reduziu-se a capacidade de reivindicação das populações e dos seus órgãos autárquicos.