BAO recolheu mais de 43 mil quilos de alimentos

0
306
Cerca de 1100 voluntários participaram na campanha, na região Oeste

Campanha de recolha de bens alimentares decorreu no último fim-de-semana de maio e abrangeu oito concelhos do Oeste

O Banco Alimentar contra a Fome voltou a realizar uma campanha de recolha de bens alimentares com o objetivo de minorar as carências de muitos dos cidadãos. Na região a campanha é promovida pelo Banco Alimentar Contra a Fome do Oeste (BAO), que abrange oito concelhos e recolheu nos supermercados 43.253 quilos de alimentos. Em Alcobaça foram angariados 9.391 quilos de bens alimentares, no Bombarral 2.437 quilos, no Cadaval1.136 quilos e nas Caldas da Rainha 13.694 quilos. Já na Lourinhã foram recolhidos 6.676 quilos, na Nazaré 3.398 quilos, em Óbidos 2.161 quilos e em Peniche 4.360 quilos de bens.
De acordo com o BAO, os resultados obtidos, não incorporando ainda a Campanha Vale e a Campanha on-line, são “equivalentes à campanha do ano anterior”. Ficam a dever-se, de acordo com esta entidade, à “generosidade de todos quantos doaram bens alimentares e também aos cerca de 1100 voluntários que, nas superfícies comerciais, nos transportes e armazém do BAO, deram o seu tempo e energia a esta ação e à concretização de valores de solidariedade”.
O BAO estende um agradecimento às superfícies comerciais que autorizaram a recolha de alimentos e às numerosas instituições e empresas que, de diversas formas, colaboraram em mais esta ação. Os bens agora doados, juntamente com os excedentes alimentares recolhidos diariamente junto de produtores, comerciantes, supermercados e empresas do ramo alimentar, serão distribuídos, através das 62 instituições de solidariedade social com as quais o BAO tem acordo, a cerca de 10.000 pessoas comprovadamente carenciadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas, esclarece em nota de imprensa. ■