Uma bomba pescada na Nazaré

0
1077
Noticias das Caldas
| D.R.

Foi notícia nacional na passada segunda-feira. O porto da Nazaré foi encerrado durante largas horas depois de um arrastão ter pescado nas suas redes uma bomba que foi identificada como sendo da II Guerra Mundial.

O alerta foi dado pelas 9h20 pelo arrastão Mar Salgado, que durante a faina, quando recolheu a rede, encontrou o objecto com cerca de 1,60 metros.
No interior a bomba de aviação da II Grande Guerra teria cerca de 200 quilos de H6, um explosivo que nestas quantidades equivale a uma explosão de 600 quilos do tradicional TNT.
A bomba, do tipo MK 82, foi trazida para terra pelo próprio barco e às 10h00 já estava no porto, sendo depois avaliada pela Marinha Portuguesa. O porto foi fechado com um perímetro de segurança de 300 metros.
O avançado estado de corrosão do objecto não permitiu uma melhor identificação, sendo posteriormente levado para um local no mar, a mais de mil metros da costa, pelo mesmo barco, sendo depositada num fundo arenoso, a 23 metros de profundidade.
Aí, pelas 16h30, foi detonada por mergulhadores da Marinha, que fizeram uma contraminagem. A explosão sentiu-se em terra e decorreu conforme planeado, sendo reposta a normalidade.
Esta foi uma operação delicada, especialmente porque quando foi puxada na rede, a bomba sofreu alguns embates.

26 cobras em casa abandonada na Benedita

A GNR recuperou a 22 de Fevereiro 25 cobras piton e uma cobra do milho que eram mantidas numa residência devoluta na Benedita. Tratam-se de espécies protegidas e abrangidas pela Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção.
O proprietário foi identificado. Além das cobras foram apreendidos 26 roedores e vários acessórios que seriam utilizados para alimentar os répteis.

Resgatada mulher desaparecida em Óbidos

A 26 de Fevereiro, a GNR de Óbidos localizou nos Casais da Areia (Óbidos) uma mulher de 44 anos que estava desaparecida desde o dia anterior.

A força militar teve conhecimento de uma viatura abandonada em local ermo, confirmando depois o desaparecimento junto de familiares da mulher.
Aí foram mobilizados os meios de busca, tendo a mulher sido encontrada num campo agrícola. Caída no chão, desorientada, mas consciente, a vítima foi transportada para o hospital das Caldas. Esta operação contou com a ajuda dos Bombeiros Voluntários de Óbidos.

Detido por injúrias à autoridade

Um homem de 30 anos foi detido pela PSP a 24 de Fevereiro, pelas 4h50, nas Caldas, depois de numa ocorrência policial ter injuriado agentes da autoridade.
Nos dias 22 e 23 de Fevereiro a PSP deteve em Peniche dois jovens do sexo masculino de 17 e 21 anos e dois homens com 33 e 63 anos, por posse de estupefacientes. Foram apreendidas 554 doses individuais de haxixe, 370 de cocaína e cinco de liamba.
Ao detido de 63 anos foram ainda apreendidos 1000 euros e um automóvel ligeiro de passageiros. Ao de 21 anos foram apreendidos 240 euros.
Na última semana, nas Caldas, foram detidos três homens e uma mulher por condução sob influência do álcool. Na noite de 22 de Fevereiro foi um homem de 59 anos que conduzia com 1,20 gramas por litro de sangue.
Quatro dias depois entre a 1h10 e as 2h15 foram detidos dois homens de 29 e 31 anos e uma mulher de 39 anos, com taxas a rondar os 1,40 g/l. Todos conduziam automóveis ligeiros de passageiros.
A 25 de Fevereiro, pelas 12h00, a Estação Salva-Vidas do Instituto de Socorro a Náufragos de Peniche prestou apoio à embarcação de recreio Katana que, a dez milhas a sul de Peniche, não conseguia colocar o motor a trabalhar.