Caldas proporcionou condições ideais para o Dia do Exército

0
479

A comemoração do Dia do Exército em 2012 – fora das capitais distritais e mostrando a localização central da cidade das Caldas da Rainha como ideal para estas realizações -, proporcionou um fim de semana festivo e muito animado para os caldenses e visitantes.
Não foram apenas as cerimónias militares e religiosas por ocasião da comemoração deste dia que relembra a tomada de Lisboa em 1147, por D. Afonso Henriques, patrono do Exército, pois noutras partes da cidade decorreram inúmeras iniciativas que atraíram milhares de pessoas.
Entre os pontos de destaque desta comemoração, estiveram o desfile militar e os discursos do Chefe do Estado Maior do Exército e do ministro da Defesa na Avenida 1º de Maio, a missa e homilia do bispo das Forças Armadas, D. Januário Torgal Ferreira, o concerto da Banda Filarmónica do Exército no CCC, a exposição informativa e de material bélico do Exército no Parque D. Carlos I e a demonstração da capacidade militar no parque de estacionamento junto ao Chafariz das 5 Bicas com o lançamento de paraquedistas.As crianças, no seu idealismo de considerar as armas militares mais como brinquedos de guerra do cinema, deliciaram-se com a mostra no Parque, onde puderam sonhar com o que vêem nos écrans e talvez menos com a dura realidade do que é a guerra a sério. Contudo, nos últimos anos os militares portugueses apenas têm vivido, felizmente, situações em cenário de conflito internacional para manutenção da paz em que intervêm e participam sob a égide da Organização das Nações Unidas. Daí o a atracção que hoje tem a vida militar para muitos jovens ao contrário do que acontecia antes do 25 de Abril de 1974.

Ver suplemento …