Caldense na coordenação do LIVRE

0
102

Inês Pires, das Caldas da Rainha, Pedro Miguel Santos, da Nazaré, Isabel Faria, da Marinha Grande, João Nunes, da Marinha Grande e Ana Catarina Bernardes, da Marinha Grande, compõem o Grupo de Coordenação Local Distrital do LIVRE Leiria. A estes juntam-se mais três membros suplentes, Fábio Cipriano Ventura, da Marinha Grande, Joana Oliveira, de Leiria e Pedro Ferreira, de Leiria. O órgão responsável pela direção política do partido da papoila no distrito de Leiria foi mandatado para o biénio 2023-2025 através de eleições que decorreram nos dias 29 e 30 de abril, às quais apresentou moção estratégica.
De acordo com o documento, as prioridades a seguir pelo LIVRE Leiria estão relacionadas com a igualdade e justiça social, a ecologia e justiça ambiental, habitação, energia e mobilidade, democracia local e transparência e europeísmo. O partido considera que “a ausência de forças ecologistas e progressistas é um fator de bloqueio ao desenvolvimento sustentável, justo e inclusivo deste território” que o LIVRE defende e quer representar.
A saúde tem sido uma das preocupações do partido no distrito, tendo submetido à Assembleia da República, em fevereiro, dois projetos de resolução, focados na área da saúde. Entre outras recomendações, estão a necessidade de investimento no Hospital de Peniche e na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizado de Peniche e a aceleração dos processos de identificação da localização do Hospital do Oeste, proposta que foi aprovada. ■