Caldense recebeu prémio de Mérito Científico Espeleológico

0
562
Rita Lemos

A Federação Portuguesa de Espeleologia (FPE) atribuiu à caldense Rita Lemos o Prémio de Mérito Científico Espeleológico pelo seu trabalho, desde 2007, na protecção e monitorização de uma colónia de morcegos existente no concelho das Caldas da Rainha
O prémio foi atribuído a 11 de Março, durante a apresentação do Centro de Investigação da Regaleira (em Sintra), numa cerimónia em que a direcção e comissão científica da FPE explicaram que a distinção se deve
“ao seu trabalho em prol da ciência espeleológica, tanto pela sua prática pessoal da dimensão científica da espeleologia, como pela promoção da cooperação inter-associativa e de uma atitude científica junto dos espeleólogos em geral”.
Nesse dia foi oficializada a parceria já existente entre a Universidade de Aveiro, a Fundação Cultursintra, a Federação Portuguesa de Espeleologia e a Associação dos Espeleólogos de Sintra, tendo em vista a concretização de projectos de conservação, investigação e estudo da biodiversidade nos espaços sob a gestão da Fundação Cultursintra, com especial incidência na Quinta da Regaleira.
Em Setembro de 2011 Rita Lemos foi responsável pela organização de uma observação de morcegos junto aos Pavilhões do Parque D. Carlos I.

P.A.