Câmara das Caldas homenageou professores e apresentou nova página online sobre a Educação

0
408
Carlos Raminhos e as suas colegas, Jacinta Cristóvão e manuela Patrício, foram os três professores homenageados este ano

O Quinteto de Metais da Banda de Comércio e Indústria das Caldas da Rainha deu o tom para mais uma cerimónia de homenagem aos professores, que reuniu cerca de 120 docentes no salão nobre da autarquia caldense, no passado dia 3 de Fevereiro.
Este ano foram homenageados Manuela Patrício, educadora de infância no Casal do Celão (Serra do Bouro), Jacinta Cristóvão, professora na EBI de Santa Catarina, e Carlos Raminhos, do Agrupamento de Escolas de Santo Onofre (e nos últimos anos no Colégio Europeu no Luxemburgo). Os três reformaram-se após mais de três décadas de docência.
Manuela Patrício, a única dos homenageados que falou para o público, disse que durante os seus 36 anos de actividade aprendeu com todos com quem trabalhou e partilhou uma preocupação que a incomoda – “a de que a  burocracia, em nome de uma boa educação e exigência, possa vir a asfixiar o papel do educador”.
Também presente na cerimónia, o presidente da Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, Luís Ribeiro, mostrou a sua indignação com o que se passa actualmente ao nível da educação no país. Por um lado, um povo que “elege como heróis pessoas que vão para a televisão dizer que África é um país e, por outro, no dia em que um professor ousou dizer que a disciplina é uma face da educação bateram-lhe ao entrar na escola”, disse, referindo-se às agressões de que um professor de Matemática, com 63 anos, foi recentemente alvo.

A cerimónia contou com a presença de cerca de 120 professores

O autarca prestou uma homenagem aos docentes e encorajou-os a não desistir da sua tarefa, salientando que são eles quem trabalham para que “haja um mundo melhor e que, também por isso, no futuro serão recordados pelos seus alunos”.
O presidente da Câmara, Fernando Costa, destacou o papel do actual vereador com o pelouro da Educação, Tinta Ferreira, mas também o anterior, Rui Gomes (presente na cerimónia) pelo trabalho efectuado nesta área e também por ter instituído esta cerimónia.
Dirigindo-se aos docentes, o autarca disse que o município tem uma “grande gratidão” pelo que têm feito com as crianças do concelho. “Cada vez mais o professor tem que substituir, muitas vezes, o papel da família”, destacou.
Fernando Costa encontrou na sala alguns dos seus antigos alunos e recordou os seus tempos de professor, entre 1975 e 1977, nos Pavilhões do Parque, onde leccionou as disciplinas de História e Ciência Política. “A relação professor-aluno é a mais forte que existe a seguir à de filiação”, salientou, destacando que a docência foi a sua “melhor experiência profissional”, onde aprendeu a contactar com os outros.

Nova página para a Educação no site da autarquia

A cerimónia foi aproveitada pelo vereador da Educação, Tinta Ferreira, para apresentar a nova página da Educação no portal da Câmara das Caldas, que contém um conjunto de dados novos e permite uma maior interactividade com outras entidades ligadas a esta área. A página (que pode ser consultada no site da autarquia na actividade municipal) possui links para vários documentos, como é o caso da carta educativa ou a distribuição dos alunos nos últimos cinco anos.
A componente de apoio à família também está especificada nesta página, onde é possível verificar que 90% dos alunos almoça no seu jardim-de-infância e que 55% tem prolongamento de horário escolar. No que respeita ao primeiro ciclo, o número de almoços nas escolas chega aos 94,8%.
No site é ainda possível visualizar os programas das actividades extra-curriculares e os dados e mapas dos transportes escolares.
“Trata-se de um forte contributo para quem acompanha a Educação no concelho”, referiu o vereador Tinta Ferreira.
A festa terminou no restaurante Lisboa, com um jantar-convívio pago pelos próprios docentes, já que a autarquia desde o ano passado deixou de poder suportar este encargo.

Fátima Ferreira
[email protected]