Centro de Educação Especial ganha painel solar para produzir energia eléctrica

0
405
A unidade de microprodução será instalada no restaurante do CEERDL

O Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor das Caldas da Rainha (CEERDL) foi uma das 30 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s) a quem a Associação Certificadora de Instalações Elétricas (Certiel)  vai oferecer uma unidade de microprodução fotovoltaica no âmbito da campanha de sensibilização “Usar bem a energia é um dever de cidadania”.
Segundo Luísa Couto, da direcção do CEERDL, aquele equipamento será instalado na primeira semana de Março no edifício da lavandaria da Rainha & Garfo – Restauração, que fica na zona industrial.
Este equipamento permite a produção de energia eléctrica que depois é comercializada à EDP podendo gerar receitas entre 2000 e os 2500 euros por ano e deste modo reduzir a factura de electricidade, bem como diminuir a emissão de CO2  contribuindo para a preservação do ambiente.
Deste modo, as IPSS’s contempladas podem ser produtoras de energia eléctrica já que a energia produzida pelos painéis solares fotovoltaicos – que convertem a energia da luz do sol em energia eléctrica – será toda vendida à rede, que pagará mensalmente o valor dessa electricidade às IPSS.Em comunicado, Carlos Ferreira Botelho, director-geral da Certiel, considera que “estas são instituições de solidariedade que se debatem muitas vezes com gravíssimas situações financeiras e quisemos por isso fazer uma oferta que trouxesse benefícios não só hoje, mas ao longo do tempo”.
A oferta contempla IPSS dos vários distritos de Portugal continental.

N.N.