Concorda com a nova lei que proíbe o abate de animais nos canis municipais?

0
562
Gazeta das Caldas
Gazeta das Caldas
Natália Costa, reformada da função pública (Caldas da Rainha)

À partida eu não concordo com o abate, mas por outro lado as pessoas arranjam tantos animais… Não é só a Câmara que tem a culpa. E agora onde é que vão pôr tantos animais?
As pessoas da minha rua deixam os animais todo o dia sozinhos nas suas casas e estes passam o dia a ladrar, alguns até ladram toda à noite. Tenho problemas em dormir e às vezes é muito difícil de aguentar.
As pessoas têm que ver se têm condições para ter animais de estimação. Eu adorava ter um gato mas como considero que não tenho condições, prefiro não o ter.

 

Gazeta das Caldas
Pedro Barjona, lojista (Caldas da Rainha)

Sou contra a nova lei, se bem que às vezes também não é bom ter os animais em lugares sem as condições mínimas. Por vezes é melhor que sejam abatidos em vez de serem maltratados e estarem sem condições.
Eu tenho cães, adoro animais de estimação, mas custa-me vê-los em sítios sem as devidas medidas. Poderia haver cidades mais simpáticas para os animais e haver, por exemplo, uma taxa para ajudar a custear a retirada dos animais da rua e a serem tratados condignamente.

 

Gazeta das Caldas
Ana Jesus, administrativa (Caldas da Rainha)

Não sabia dessa nova lei, mas agora que sei não concordo. Há animais que estão doentes, que são abandonados e é preciso que haja soluções.
Estou contra, até porque não compreendo onde é que as Câmaras depois têm espaço para colocar os animais. Até hoje os únicos animais que tive foram peixes.