Detido por caça através de processos e meios não autorizados

0
341

Um homem de 68 anos foi constituído arguido por caça com processos e meios não autorizados em Moleanos (Alcobaça) no dia 29 de janeiro.

“No âmbito de uma denúncia por parte dos populares, no dia 22 de janeiro, os militares da Guarda desenvolveram diversas diligências policiais que permitiram identificar o suspeito”, explicou o Comando Territorial de Leiria da GNR, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Caldas das Rainha, que tratou da ocorrência.

“No decorrer da ação foi possível apurar que o suspeito colocou, num terreno florestal, laços em cabo de aço e uma armadilha metálica, acionada por cabo de aço e com recurso a isco (milho), destinados à captura de javalis”, esclareceu a força militar, acrescentando que “da ação resultou a apreensão de quatro laços em cabo de aço e uma estrutura (armadilha) metálica circunferencial acionada por cabo de aço”.

O suspeito foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Alcobaça.