Evento de Natal das Caldas inaugura amanhã cheio de surpresas

0
3164
A árvore de Natal será este ano mais pequena, mas a ela juntam-se um conjunto de outras atracções

Quatro milhões de lâmpadas led, sete quilómetros de ruas iluminadas, uma árvore de Natal e um presente gigantes, uma eco pista de gelo, um comboio turístico, baptismos de voo em balão de ar quente e muita animação. É assim que Caldas quer ser “Rainha do Natal”. E as festividades começam já amanhã.

A inauguração das festividades natalícias nas Caldas da Rainha é amanhã, 16 de Novembro, às 17h30 com um concerto dos Lucky Duckies na Praça 25 de Abril. Segue-se, às 19h00, a inauguração da árvore de Natal, que, com 25 metros, será mais pequena que nos últimos anos, mas terá um feixe de luz laser que a tornará visível de toda a cidade.
É assim que Caldas da Rainha começa a festejar o Natal, num evento que se prolongará até 6 de Janeiro, Dia de Reis.
Como já noticiámos na edição de 1 de Novembro, este ano a ACCCRO mudou um pouco a filosofia do evento. A impossibilidade de ter uma árvore com as dimensões das anteriores criou alguma folga no orçamento e a organização optou por criar mais pontos de interesse, com o objectivo de colocar os visitantes a circular pela cidade. Além disso, nos quatro primeiros sábados realizam-se eventos para aumentar a atractividade.
Assim, pelas 10h30 de 23 de Novembro, realiza-se na Avenida 1º de Maio a “Grandiosa Parada do Pai Natal”, que assinala a chegada do velhinho das barbas brancas à casa onde ficará durante o evento, na Rua Dr. Miguel Bombarda.
A 30 de Novembro será aberta, pelas 16h00, a eco pista de gelo no largo do CCC, com a presença da cantora caldense Rebeca. A pista estará em funcionamento até 5 de Janeiro, com preço de 3,50 euros por meia hora de patinagem.
No dia 7 de Dezembro o evento tem uma das suas novas atracções. No parque de estacionamento do CHO, atrás do Chafariz das 5 Bicas, um balão de ar quente vai fazer baptismos de voo, actividade que também será paga, mas não tem ainda preço definido. No mesmo dia entra em funcionamento o comboio de Natal, que ficará até à véspera de Natal em circulação pela cidade. O comboio também terá novidades, apresentando três paragens junto aos três pontos-chave do evento: árvore de Natal Gigante na Praça 25 de Abril, presente gigante na Praça 5 de Outubro e pista de gelo. O bilhete custa 1,50 euros com direito a três entradas, as crianças até aos 6 anos não pagam. O próprio ingresso remete para o imaginário dos filmes de Natal, com a forma de um bilhete dourado que será picado em cada viagem.
Ainda nesse fim-de-semana, de 6 a 9 de Dezembro, a Avenida 1º de Maio recebe mais uma edição do Caldas Street Food Fest, de 6 a 9 de Dezembro.
A juntar a estes atractivos principais, haverá actuações musicais, danças, passeios de charrete e de bicicleta, arruadas, entre outras surpresas que vão animar as ruas da cidade durante esta quadra.
À edição deste ano não faltará a habitual Floresta Encantada, composta pela exposição de árvores de Natal das escolas e outras instituições do concelho. Ao evento de Natal da ACCCRO aliam-se as iniciativas dos presépios das freguesia dos Vidais, da Foz do Arelho e de Santo Onofre. Já o presépio da cidade terá localização alterada do topo da Praça da Fruta para junto da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

4 MILHÕES DE LEDS

A iluminação de Natal da cidade tem também algumas novidades, para lá da árvore de Natal e do presente gigante. A cidade estará iluminada por 4 milhões de leds, com o vermelho e o branco como cores dominantes. São cerca de 7 mil metros de ruas iluminadas e mais de 15 mil metros quadrados de praças e pracetas com apontamentos natalícios. A decoração na Praça da Fruta tem peças feitas à medida, que são aplicadas nos candeeiros existentes para não interferir com o normal funcionamento daquele mercado. Além deste, há mais cinco locais emblemáticos que recebem decoração, nomeadamente o CCC, o Hospital Termal, o Chafariz das Cinco Bicas, o Mercado Peixe e a igreja Nossa Senhora da Conceição.
Na apresentação do programa, o presidente da ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, Luís Gomes salientou que o evento torna Caldas da Rainha no “maior mercado de Natal ao ar livre do país, com mais de 600 lojas e 40 restaurantes”. O objectivo da forma como o evento está organizado é permitir uma maior vivência da cidade, tanto para os moradores e munícipes, como para os visitantes, além de potenciar também as vendas dos comerciantes. De resto, os bilhetes para o comboio turístico e para a pista de gelo poderão ser encontrados no comércio tradicional.
Maria João Rodrigues, vice-presidente da Câmara das Caldas, elogiou o trabalho realizado na organização do evento, que tem condições para atrair mais visitantes à cidade. “Teremos uma cidade mais iluminada, com maior presença em cada freguesia urbana e mais animação de rua”, o que além de permitir uma maior vivência do espaço a quem a visita, também cria ligação com o tecido empresarial.
A autarca realçou que a Câmara fez o replaneamento das obras da regeneração urbana no centro da cidade para minimizar os efeitos destas na actividade do comércio durante o Natal, o que significa que neste período não serão intervencionadas ruas além das que já estão em obras.
O evento é financiado pelo município em 141 mil euros, incluindo iluminação e animação, valores idênticos aos do ano passado. Não está incluído neste pacote a pista de gelo, que tem um custo adicional de 20 mil euros e é suportada pela ACCCRO com apoio de patrocinadores e através da venda dos ingressos.