Faleceu Jorge Serrano

0
753

imageJSerranoFaleceu Jorge Serrano, que foi administrador da  Fábrica de Faianças Bordalo Pinheiro. O engenheiro tinha 78 anos e foi vítima de doença prolongada. Pereceu na madrugada do passado Sábado, 21 de Março, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. O funeral decorreu no domingo, 22 de Março, também na capital, tendo o corpo sido cremado. As cinzas foram depositadas no jazigo da família no Cemitério Velho, nas Caldas.
Engenheiro civil, trabalhou vários anos em ministérios estatais ligados aos transportes, urbanismo, tendo sido, por exemplo,  director geral do ministério da Habitação e das Obras Públicas.
Nos anos 80 veio para as Caldas (a sua mulher é caldense estando ligada à Fábrica Bordalo Pinheiro) e passou a dirigir aquela Fábrica durante mais de 20 anos. Durante a sua direcção fizeram-se também as novas unidades industriais na Zona Industrial. Quando Jorge Serrano entrou na fábrica havia 60 funcionários e ao todo, ao longo da sua administração, chegaram a ser 350. Esteve também ligado a outras entidades caldenses, como foi presidente da Direcção da AIRO e, por inerência, administrador do Cencal.
Jorge Serrano esteve à frente da fábrica até 2008, tendo vivido dias difíceis devido à  grave crise económica que atingiu o sector da cerâmica. Nesse ano a fábrica foi adquirida pela Visabeira, que antes adquirira a Vista Alegre/Atlantis.
Jorge Serrano era conhecido pelas preocupações sociais que tinha para com os funcionários da fábrica. Era também um apaixonado pela obra de Rafael Bordalo Pinheiro. .  N.N.