Frio e chuva nas boas vindas a 2011?

0
500
A Nazaré é por tradição um dos locais mais escolhidos da região para a passagem de ano, acolhendo cerca de 100 mil pessoas para os festejos

As previsões meteorológicas nalguns sites para a noite de hoje, em que se festeja a passagem de ano, não são as melhores. Só o Instituto português de Meteorologia é mais optimista para a noite de S. Silvestre, dando para as Caldas da Rainha uma temperatura mínima de 8º sem chuva (melhor que as mínimas à volta dos 5 graus que se fizeram sentir no início da semana com chuva). Na maior parte dos sites estrangeiros anuncia-se chuva para Portugal mas com temperaturas entre os 10 e os 16º. Mas para o 1º dia do ano todos prevêem um dia de sol.
O eventual mau tempo não deverá afastar as pessoas dos festejos que se multiplicam por toda a região, nem sequer daqueles que se realizam ao ar livre, que têm como fortes atractivos os espectáculos de fogo-de-artifício e o facto de terem entrada livre. Nas Caldas da Rainha é na Praça da Fruta que se dá as boas vindas ao ano novo, numa festa que se prolonga das 22h30 à 01h00 e que será animada pela banda Terabyte e pelo fogo-de-artifício quando baterem as doze badaladas.
Em São Martinho do Porto a baía serve de cenário aos festejos que prometem durar até às 06h00 do dia 1. A música foi pensada para agradar a todos, pelo que na marginal haverá dois palcos, um com a Banda Selecção e outro com DJ’s, por onde vão passar Bullycau, Kid Disco, Stuart e Dj Tornado. Já no Clube Náutico a noite é animada pelo DJ Shark. Também na Concha Azul não vai faltar um espectáculo de pirotecnia.
Os festejos da Nazaré acolhem anualmente cerca de 100 mil pessoas e este ano não deverá ser excepção. A manter-se a ‘tradição’, milhares de pessoas vão para o areal, local privilegiado para brindar o novo ano e assistir ao fogo-de-artifício que rasga o céu e ilumina a enseada. Aqui a festa já começou a aquecer ontem, dia 30, com música de dança na marginal. É também na marginal que esta noite ecoam as músicas de diversas bandas locais e as batidas dos DJ’s convidados para a noite mais longa do ano.
Tanto em São Martinho como na Nazaré os festejos obrigam a alterações no trânsito e ao corte ao tráfego nas respectivas marginais.
A última proposta para o reveillon fora de portas na região é um baile de fim de ano em Rio Maior. Na Praça da República é a Banda Kontrol que promete pôr os foliões a dançar noite dentro.


Passagem do ano dentro portas

Mas as propostas para a noite de fim de ano não se ficam por aqui. Dentro de portas, são muitas as propostas de restaurantes, unidades hoteleiras e associações da região que nos chegaram.
Em São Domingos, freguesia de Salir de Matos, a Associação Recreativa Desportiva e Cultural vai aproveitar a festa de fim de ano para reabrir o seu bar. Os tradicionais doces de época, enchidos e mariscos compõem a mesa buffet da festa. A Associação Social e Desenvolvimento de Casais da Serra, no Landal, e o Arneirense, freguesia de Santo Onofre, são outras colectividades que também promovem festejos de passagem de ano. Alguns dos bares locais também vão estar de portas abertas para acolher o novo ano.
Já no que aos restaurantes e hotéis diz respeito, há festa rija no Restaurante Viva Maria e Pura Vida Bar, no Bom Sucesso, no Stay Inn, em Óbidos, na Quinta do Juncal, na Serra D’El Rey, o Caldas Internacional Hotel, nas Caldas da Rainha. As ementas contam com algumas das melhores iguarias e os preços vão dos 60 aos 170 euros (preços por adulto).

Joana Fialho
jfialho@gazetadascaldas.pt