Governo aprovou apoios financeiros para Centros de Recursos para a Inclusão

0
345

O Conselho de Ministros aprovou na passada semana a realização de despesa relativa aos contratos de cooperação no âmbito dos Centros de Recursos para a Inclusão para o ano letivo de 2023/2024.

A resolução autoriza a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) a realizar a despesa relativa aos apoios financeiros aos Centros de Recursos para a Inclusão, decorrentes da celebração de contratos de cooperação para o ano letivo de 2023/2024, até ao montante global de 13.112.500,00€ o que corresponde a um aumento de 25%”, explicou o Ministério, acrescentando que “este valor não era atualizado há vários anos, sendo este reforço mais um passo no cumprimento do acordo com os parceiros sociais e, sobretudo, uma resposta mais robusta no apoio aos alunos com necessidades educativas  específicas que beneficiarão de mais apoios terapêuticos”.

Desta lista fazem parte, por exemplo, o Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor, CRL, o Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça, a Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré, C.R.L., a CERCIPENICHE, Cooperativa de Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão, CRL, a Associação Para a Educação de Crianças Inadaptadas, Torres Vedras e o Centro de Educação Especial do Concelho de Rio Maior, O Ninho.