Hospitais do Oeste aumentaram número de consultas e cirurgias

0
934

As unidades do Centro Hospitalar do Oeste registaram maior actividade no primeiro semestre deste ano, com mais consultas e cirurgias, ao passo que as listas de espera diminuíram.
Segundo dados do CHO, nos primeiros seis meses deste ano foram realizadas 3677 cirurgias, mais 184 do que no período homólogo do ano passado. Isto representa um aumento de 5,27%, o que, segundo aquela entidade, contribuiu para diminuir o tempo médio de espera em 16 dias, e para reduzir o número de utentes em espera na ordem dos 24%.

De Janeiro a Junho deste ano foram realizadas 74.670 consultas externas nas unidades hospitalares que constituem o CHO (Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche), mais 2845 do que em igual período de 2018, o que representa um incremento próximo dos 4%. Também nas consultas externas se registou uma diminuição das listas de espera (5,13%). Segundo o CHO, há menos 963 doentes à espera de consulta do que em Junho do ano passado.
O número de sessões de Hospital de Dia (tratamentos em ambiente resguardado que não necessitam de internamento) aumentaram 17,12%, com mais 940 sessões realizadas, enquanto atendimentos nos serviços de urgência cresceram 0,19%, com mais 169 consultas. Já o tempo de internamento sofreu uma redução média de 0,7 dias, passando de 8,2 para 7,5 dias.
Em nota de imprensa, o Conselho de Administração do CHO afirma que estes dados são reflexo “da dedicação e do empenho dos profissionais do CHO”.