Iluminação de Natal já está a ser montada nas Caldas

0
189
A equipa de montagem começou os trabalhos mais cedo devido à pandemia | Carlos Reis

Os trabalhos para a colocação da iluminação de Natal nas ruas da cidade começaram este ano mais cedo: a 28 de setembro.
A antecipação, em 15 dias, na instalação das estruturas permitirá, caso seja necessário por causa da pandemia, suspender a atividade. Ainda assim, de acordo com o presidente da ACCCRO, Luís Gomes, a equipa de montagem está a trabalhar em exclusivo nas Caldas, de modo a diminuir o risco de transmissão do vírus.
A instalação irá decorrer durante este mês e parte do próximo, de modo a que a iluminação de Natal possa ser ligada em meados de novembro.
Este ano, entre as novidades estão a iluminação de novas ruas (que no ano passado estavam em obras), como é o caso da 31 de Janeiro e Diário de Notícias. Também haverá novas peças, com medidas especiais, feitas de propósito para algumas artérias, como é o caso da Rua Heróis da Grande Guerra.
“Em contexto covid-19 é importante transmitir a nossa força e esperança às pessoas”, salienta Luís Gomes, destacando que está também a ser ultimado o programa da animação de Natal, adequado às exigências impostas pela DGS.
A iluminação de Natal é garantida pela ACCCRO em conjunto com a Câmara. O orçamento para este ano ainda não está fechado, mas a previsão é de que seja semelhante ao do ano passado, que se cifrou em 88 mil euros mais IVA.
Para o presidente da Câmara, Tinta Ferreira, neste contexto as iluminações e a animação de Natal são “elementos fundamentais para criar um ambiente natalício acolhedor e atrativo que permita dinamizar o tecido empresarial e comercial do nosso concelho, em especial nesta quadra que é tão importante para o comércio, que como se sabe tem um grande peso na economia local”.
Ainda de acordo com o autarca, este ano não haverá a cerimónia festiva e a animação que assinala o inicio das iluminações. Não haverá comboio e pista de gelo de Natal. A animação será itinerante como se fez no Caldas Anima e será avaliada a possibilidade desta abranger mais ruas.