Incêndio em Óbidos mobilizou cerca de 200 bombeiros

0
576

IMG_20140817_151437Três incêndios em área de eucaliptal no concelho de Óbidos, numa zona entre o Vau e o Bom Sucesso, mobilizaram cerca de 200 bombeiros, 55 veículos e dois helicópteros, no passado domingo.
O primeiro fogo deflagrou ainda antes da hora de almoço na zona de Saibrais, a mesma onde já tinha lavrado um incêndio na passada quinta-feira. Num curto espaço de tempo, até cerca das 14h00, deflagraram mais duas frentes, no Casal das Arroteias e no Casal do Ameal, todas separadas por cerca de dois quilómetros.
Na frente das Arroteias, foram mobilizadas 40 viaturas e 140 bombeiros. Na do Ameal mais 15 viaturas e 51 bombeiros. As equipas tiveram ainda ajuda de dois meios aéreos – um helicóptero da Protecção Civil e outro da Afocelca.
O calor intenso que se fez sentir e a dificuldade de acessos para chegar às frentes de fogo foram as principais dificuldades no combate às chamas. Mesmo assim, os incêndios foram extintos até ao fim da tarde do mesmo dia. Na frente do Casal das Arroteias ardeu uma área de 12 hectares de eucaliptal e no Casal do Ameal cerca de 7,7 hectares. O fogo não chegou a ameaçar quaisquer habitações.
Fonte dos Bombeiros de Óbidos disse à Gazeta das Caldas que, apesar de não terem sido encontrados quaisquer indícios de mão criminosa, tudo aponta para que seja essa a origem dos incêndios. Até porque naquela região as ignições têm sido uma constante desde o mês de Julho, nas freguesias da Amoreira e Olho Marinho.
A mesma fonte adiantou ainda que, pelos mesmos motivos, a GNR estará já a reforçar o patrulhamento da zona.

Morreu em contramão na A15

Uma mulher de 63 anos faleceu no passado dia 14 de Agosto num acidente na A15, junto ao nó com a A8. A mulher, que seguia na via Santarém-Óbidos, mas no sentido oposto, colidiu de frente com outra viatura que entrava naquela via vindo da A8, do lado de Óbidos, logo à saída do ramal de acesso, no quilómetro 0,25.
Uma viatura do Destacamento de Trânsito da GNR de Santarém, que patrulha aquela via, ainda tentou interceptar a viatura que seguia em contra mão, mas não conseguiu evitar a tragédia.
A colisão resultou na morte da mulher, e ferimentos ligeiros no outro condutor, um homem de 50 anos, que foi conduzido ao Hospital das Caldas da Rainha.
Fonte do Destacamento da GNR de Santarém referiu à Gazeta das Caldas que a vítima mortal terá conduzido cerca de 10 quilómetros em contramão na auto-estrada, o que indica que terá entrado no nó de A-dos-Francos. Nesse cenário, a condutora teria que passar por dois pórticos de portagem para chegar àquela zona. O reduzido fluxo de tráfego à hora da ocorrência – o alerta de acidente foi recebido pelos Bombeiros de Óbidos pelas 8h50 – poderá ser uma das razões para a condutora não se ter apercebido que seguia na via errada. Segundo a mesma fonte da GNR, está actualmente a decorrer uma investigação para apurar as causas deste acidente.
Para além deste, registaram-se na zona de acção da GNR das Caldas da Rainha mais 40 acidentes no período entre 11 e 17 de Agosto, dos quais resultou apenas um ferido grave.
No mesmo período, foram testados 500 condutores relativamente à taxa de alcoolemia. Oito deles registaram taxas superiores ao limite legal. Na área de influência da PSP, foi detido um indivíduo, em Alcobaça, com uma taxa de alcoolemia de 1,88.

Apanhado a furtar candeeiros

Na madrugada de 12 de Agosto, a PSP deteve um homem de 52 anos em flagrante delito, quando assaltava uma habitação nas Caldas da Rainha. Segundo a PSP, os agentes deslocaram-se ao local por suspeita que estaria a acontecer um furto, deparando-se com indícios de arrombamento numa porta e vidros partidos noutra. O indivíduo foi interceptado ainda dentro da habitação, na posse de três candeeiros e acessórios destes, mais cinco apliques de parede, material avaliado em 120 euros. O detido foi presente às autoridades judiciárias competentes.
Foram também registados assaltos em residências nas áreas de influência da GNR. No Nadadouro, no dia 12 de Agosto, houve um assalto a uma habitação, tendo sido furtado dinheiro. Assaltos do mesmo género aconteceram também em Óbidos, em Alvorninha e em Santa Suzana. Neste último, foi reportado o furto de artigos em ouro.
No dia 15 de Agosto, na praia da Consolação, uma senhora idosa foi alvo de roubo por esticão. O suspeito foi detido e presente a tribunal.
Nesta altura do ano são também frequentes os furtos no interior de veículos. A GNR informou seis ocorrências deste tipo, na Foz do Arelho, Ferrel e Bombarral. Em Carvalhal de Turquel foi furtada uma viatura ligeira de passageiros.
No dia 16 de Agosto, ocorreu no Bombarral um furto no interior de um armazém, tendo sido levado material de canalização.
No mesmo dia, também no Bombarral, buscas domiciliárias conduziram a uma detenção e apreensão de nove bolotas de haxixe, suficientes para 450 doses individuais, cabeças de cannabis-liamba suficientes para cerca de 27 doses e 11 plantas de cannabis com 14,5 kg, suficientes para produzir 5800 doses.
A 17 de Agosto, em Turquel, foram furtados cabos de distribuição da rede eléctrica.

Joel Ribeiro
jribeiro@gazetadascaldas.pt