Instalação de presépios na região cancelada devido à pandemia

0
443
As exposições e concursos de presépios atraem muitos visitantes à região | Fátima Ferreira

Este ano o Convento de S. Miguel, nas Gaeiras, não irá albergar a Grande Exposição de Presépios, que costuma atrair milhares de pessoas durante a quadra natalícia. Este evento está inserido no evento Óbidos Vila Natal, que também não se realizará. A Junta de Freguesia das Gaeiras, que realiza o evento, enviou um e-mail aos artesãos a dar conta desta decisão, tendo em conta o número de pessoas que o evento mobiliza, e que foi bem acolhida por estes, contou à Gazeta das Caldas o presidente da autarquia, Luís do Coito.
Também não haverá “Presépios da minha Aldeia” este ano nos Vidais. Aquela que seria a sétima edição do concurso que envolve o trabalho de centenas de habitantes da freguesia e conta com presépios espalhados pelos vários lugares não se concretiza por medidas de segurança. De acordo com o presidente da Junta, Virgílio Filipe, apenas será feito o presépio da junta, com iluminação e figuras em tamanho real. “Comunicámos que este ano não haverá concurso, mas pusemos as pessoas à vontade para, caso queiram e com os devidos cuidados, poderem fazer e ficarão expostos”, explicou.
Na Foz do Arelho não será realizado o presépio no jardim Francisco Almeida Grandella. A Junta de Freguesia, tendo em conta as normas de segurança, decidiu cancelar todos os festejos natalícios que era costume realizarem-se na Foz, nomeadamente o presépio, a fogueira de Natal e os festejos de fim-de-ano. O investimento que seria feito nestas iniciativas será tocado por bens alimentares a entregar aos mais necessitados.