JSD das Caldas entregou carta a Passos Coelho sobre Hospital Termal

0
557

Notícias das CaldasA JSD das Caldas da Rainha aproveitou a presença de Passos Coelho no almoço do 39º aniversário do PSD, que se realizou em Pombal a 4 de Maio, para lhe entregar uma carta aberta sobre o Hospital Termal. O documento refere toda a história e importância do Hospital Termal Rainha D. Leonor e assinala que encerrá-lo “é apagar toda a história da cidade das Caldas da Rainha”. A carta, entregue pelo presidente da JSD das Caldas, Paulo Espírito Santo, salienta que o facto de o país estar sob assistência financeira externa não é justificação suficiente para “matar a identidade do povo das Caldas”.

Na opinião dos jovens sociais-democratas, numa altura em que se fala de empreendedorismo e em cativar novas fontes de receita, “fechar o Hospital Termal significaria acabar com uma das melhores formas de encontrar novos caminhos para a sustentabilidade económica do próprio Hospital das Caldas”. Os “laranjinhas” acreditam que esta unidade de saúde pode voltar a ser um motor para a economia da região, gerando emprego. A carta termina com um voto de confiança no primeiro-ministro e fazendo um apelo “à reabertura do Hospital Termal o mais curto espaço de tempo”. P.A.