Ligação da Lagoa ao mar restabelecida na quinta-feira

0
567

Desde a passada quinta-feira que já entra de novo água salgada na Lagoa de Óbidos, após a bem sucedida abertura, mais a sul, da nova “aberta”.
As máquinas restabeleceram a ligação entre a lagoa e o mar na manhã de 29 de Abril e desde a corrente flui facilmente pelo novo canal.
Entretanto, têm continuado os trabalhos de deslocamento de areia para norte a fim de reforçar a zona da praia da Foz do Arelho onde antes havia o canal. Nesta operação, estão também a ser cobertas de areia as pedras e os sacos colocados no areal para defesa do emissário submarino.
A intervenção de emergência, a cargo do Inag sob orientação do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, começou a 29 de Março e tem um prazo de 70 dias para a sua concretização.
Contudo, se a força da natureza não repuser entretanto a areia na praia, este ano os banhistas correrão sérios riscos, uma vez que existem grandes fundões logo à beira-mar. Também a configuração da costa naquela praia tem estado em permanente alteração, que com as marés baixas, mostra um grande declive em relação a anos anteriores.
Do lado da lagoa, o seu assoreamento é cada vez mais visível.
Entretanto, a Capitania do Porto de Peniche fez saber através de um edital que enquanto decorrerem os trabalhos de relocalização da “aberta”, fica interdita a navegação a qualquer embarcação no seu espelho de água, “para jusante da linha imaginária definida pelo cais da Foz, na margem norte, e o parque de estacionamento do Bairro dos Pescadores, na margem sul”. A violação destas normas será punida com multa de 400 a 2.500 euros.