Ministérios da Saúde e das Finanças em silêncio sobre passagem do CHO a EPE

0
103

Em 19 de Maio o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, esteve nas Caldas da Rainha e garantiu que a passagem do CHO de Sector Público Administrativo (SPA) para Entidade Pública Empresarial (EPE) estava para breve, “no máximo duas semanas”.
Mas até ao momento ainda não foi feita qualquer mudança do estatuto jurídico do CHO e o gabinete do secretário de Estado não responde sobre quais os motivos que estão a atrasar este processo nem avança com uma data para esta alteração, que já estava prevista para Fevereiro deste ano.

Gazeta das Caldas também tem contactado o Ministério das Finanças, onde o processo, aparentemente, está “encalhado”, mas também não obteve resposta.
Quando esteve nas Caldas, a propósito do X Congresso de Hidrologia Médica, Manuel Delgado acrescentou que “esta decisão política está tomada há muito tempo e a espera deve-se apenas a questões administrativas, pois é vontade do governo criar condições que facilitem a gestão do CHO, libertando-o de uma série de constrangimentos, principalmente ao nível da contratação de recursos humanos [em que se incluem os precários]”.