Moradores da rua dos Cerâmicos Caldenses pedem à Câmara licenciamento das suas casas

0
1146
notícias das Caldas
António Covangas foi o porta voz dos moradores na reunião de Câmara

Sete moradores da Rua dos Cerâmicos Caldenses, perto da Zona Industrial, apresentaram, na última reunião de Câmara, a 24 de Abril, um abaixo-assinado subscrito por 20 pessoas para legalizar as suas casas. A autarquia esclareceu que naquele caso as construções anteriores a 1979 podem ser legalizadas, desde que as construções posteriores sejam demolidas porque não são emitidas licenças parcelares. Por outro lado, e para quem não tenha pressa, o assunto será incluído na revisão do PDM que deverá estar concluída até 2020.

Tendo sabido que a rua deverá ser alcatroada, António Covangas, que falou em nome dos moradores, pediu também que fosse criado o sistema de saneamento naquela rua antes do alcatroamento. A sugestão foi acolhida pela autarquia, cujo presidente, Tinta Ferreira, garantiu que será construída uma estação elevatória e feito o saneamento, bem como o alcatroamento da rua no prazo de um ano.

MAIS LUGARES na Praça da Fruta

Na mesma reunião foi aprovada a abertura de hasta pública para 14 lugares na Praça da Fruta, dos quais pelo menos dois são dedicados a produtos biológicos certificados.
A construção de dois novos complexos na Zona Industrial e a ampliação da fábrica Bordalo Pinheiro, também mereceram aprovação, bem como o apoio autárquico de 17 mil euros para recuperar o Moinho das Boisias, em Alvorninha.