Número de Líder cresce muito acima do país e chega às 315

0
1379
Gazeta das Caldas - PME
As PME Líder da região facturam 1,3 mil milhões de euros no conjunto

A atual edição das PME Líder foi a melhor dos últimos três anos para o tecido empresarial da Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCIM), que conseguiu conquistar 315 galardões, um crescimento de 61,5%, muito acima dos 13% verificados a nível nacional.
O estatuto PME Líder 2018 – é entre estas empresas que são escolhidas as PME Excelência – distinguiu 68 organizações do concelho de Torres Vedras, 63 de Alcobaça e 39 de Caldas da Rainha. Se considerarmos a média do último triénio, estes três concelhos mantêm-se na liderança, pela mesma ordem, notando-se que 2018 foi em termos gerais o melhor dos três anos.
A maior parte são micro empresas (227), seguindo-se as de média dimensão (71) e as pequenas (17). Em termos globais, 153 têm sede no distrito de Leiria (24% do total desta região) e 162 no de Lisboa (11%).
O país tem 8.044 PME Líder – escolhidas pelas entidades que também estão envolvidas na escolha das PME Excelência. É no distrito do Porto que está sediada a maioria das PME Líder 2018 (19,6%; 1577 empresas), seguido dos distritos de Lisboa (18,8%; 1.511 empresas), Braga (10,9%; 875 empresas e Aveiro (10,3%; 826 empresas). O distrito de Leiria surge em quinto lugar, com 637 empresas eleitas (7,9%).
Na região, a maioria é das áreas do comércio (123), indústria (78) e Turismo (31). Neste último sector, o concelho de Torres Vedras lidera (7), seguido pelos das Caldas da Rainha e Nazaré (seis galardões cada).
O volume de negócios global foi de 1,350 mil milhões de euros em 2017, com um resultado líquido de 80 milhões de euros e exportações de 196 milhões. A faturação média foi de 4,3 milhões de euros (mais 9,9% que no ano anterior), com um resultado líquido de 254 mil euros (24,2%) e exportações de 622 mil euros (11,5%). A sua autonomia financeira foi de 54,7% (mais 4,1%)
Em termos nacionais, este universo empresarial aumentou substancialmente face ao ano anterior, notando-se um acréscimo de 844 empresas. Foram responsáveis por 280.570 postos de trabalho (em 2017), notando-se um aumento de 27.687, comparativamente ao ano anterior.
A distribuição sectorial é liderada pelo comércio (34,9%), seguindo-se a indústria (29,9%), 24turismo (11,2%), com 898 empresas e os serviços (9,4%).
É de notar, no entanto, a dinâmica registada pelo sector da construção e imobiliário, cujo peso no conjunto dos sectores cresceu 1,3 pontos percentuais, passando de 7% em 2017 para 8,3% em 2018.
Continuam a predominar as pequenas empresas, com uma relevância de 70,8% do total das PME Líder 2018, seguidas das médias empresas, com 24,1%, e das micro empresas, com 5,1%.
Em comparação com o ano passado verificou-se uma inversão da posição nos distritos que lideram a tabela das PME Líder 2018, entre Aveiro e Braga, embora se tenha registado um acréscimo em ambos, em Braga de mais 95 empresas e no distrito de Aveiro de mais 32 empresas.

Gazeta das Caldas - PME