OCORRÊNCIAS POLICIAIS – Mulher assaltada com violência na Encosta do Sol

0
453

A PSP tem vindo a “esconder” informação sobre várias ocorrências, a última das quais foi um assalto com violência a uma mulher de 56 anos, à porta de sua casa, cerca das 19h00 do dia 20 de Abril.
Zita Santos estava a chegar a sua casa, na rua Marquês de Pombal (Encosta do Sol), quando foi agarrada pelas costas por um ladrão que lhe tapou a boca com uma mão e começou a puxar-lhe a mala. “Ele devia estar à espera escondido, porque eu não tinha reparado em ninguém”, contou ao nosso jornal a vítima.
“Eu consegui gritar e tentei resistir, de tal forma que as pegas da mala rasgaram-se e ele conseguiu levá-la”, disse Zita Santos. “Uma vizinha ainda veio à varanda, mas depois fechou a janela porque as pessoas têm medo de sofrer represálias”, contou.
Zita Santos descreveu o ladrão à polícia, que ainda terá procurado algum suspeito, mas o caso continua a ser investigado. “Ele quase que não falou, talvez para eu não perceber se tinha alguma pronúncia”, adiantou a vítima.
Na mala roubada estavam os seus documentos, cartões electrónicos e 110 euros em dinheiro.
“Há 20 anos que vivo ali e nunca tinha tido medo, mas já soube que há pouco tempo tinha havido outro roubo de uma mala a uma senhora naquela zona”, disse.
Têm sido várias as ocorrências nas Caldas da Ranha, principalmente assaltos, que o gabinete de relações públicas de Leiria da PSP não divulga no seu resumo de ocorrências diariamente enviado por correio electrónico aos jornais regionais.
Esse comunicado não refere casos como este roubo datado de 20 de Abril,  nem o do automóvel a um stand caldense (ver texto ao lado), mas inclui informações menos relevantes como a de detenções de indivíduos por mandato dos tribunais.
Em Fevereiro, na sequência de um assalto a um quiosque que não tinha sido divulgado pela polícia, a Gazeta das Caldas enviou à PSP de Leiria uma série de questões sobre os critérios que utilizava na informação enviada à comunicação social relativamente às ocorrências, mas nunca obteve resposta.
O nosso jornal sabe que também acontece o mesmo com os jornais em Leiria, o que parece indiciar uma necessidade de fazer passar a ideia de que há menos criminalidade.

Briga acaba à facada

Uma jovem de 17 anos foi esfaqueada na cara, e um amigo de 20 anos na cabeça, na sequência de uma discussão com um indivíduo da mesma faixa etária. Tudo aconteceu ao final da tarde de 18 de Abril, na Praça 25 de Abril, sob o olhar atónito de algumas pessoas.
Segundo testemunhas ouvidas pela Gazeta das Caldas, a discussão terá começado junto à Rodoviária, prolongando-se até junto do café Maratona. O alegado agressor andaria a fazer comentários jocosos em relação à surdez do irmão da vítima da facada e esta estaria acompanhada de amigos para tirar satisfações.
Confrontado com a situação, o jovem de 19 anos terá desferido uma facada na face de uma das vítimas e no couro cabeludo de outro jovem. Os dois foram transportados para o hospital das Caldas, sendo que a mulher necessitou de ser transferida para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.
Na sequência das agressões, o alegado autor das facadas, entrou ele próprio no café Maratona e pediu para chamar a PSP, que lhe viria a apreender uma faca e duas navalhas.

Apanhados com droga nas Caldas e em Alcobaça

Três homens foram detidos pela GNR, na madrugada de 21 de Abril, em Évora de Alcobaça, por terem na sua posse haxixe suficiente para a confecção de 1.489 doses individuais.
Os detidos, com idades entre os 25 e os 41 anos, seguiam num veículo que foi mandado pela patrulha da Guarda, acabando por ser encontrada a droga. Presentes ao tribunal de Alcobaça para um primeiro interrogatório, ficaram sujeitos a apresentações periódicas no posto da GNR daquela localidade, onde residem.
Um aluno da escola secundária Raul Proença foi detido pela PSP das Caldas da Rainha, a 20 de Abril, por ter na sua posse haxixe suficiente para a confecção de 130 doses individuais. O jovem de 18 anos foi detido junto à escola.
No dia seguinte, uma mulher de 21 anos também foi detida pela PSP, depois de ter tentado entregar droga ao seu namorado, que está detido no Estabelecimento Prisional das Caldas da Rainha.
A jovem tentou introduzir a droga (haxixe suficiente para a confecção de 100 doses individuais) durante a hora das visitas na prisão, mas acabou por ser apanhada depois de ter sido revistada.

Assaltos todos os dias na região

Uma casa foi assaltada a 16 de Abril em Salir do Porto. Em Óbidos assaltaram um estaleiro e levaram uma grua. No dia seguinte, em Tornada, houve dois furtos, ao interior de uma casa e de um veículo. Na Foz do Arelho também assaltaram uma casa e um anexo. A GNR de Óbidos recebeu queixas pelo furto ao interior de um estabelecimento comercial, de um veículo e de uma associação cultural. Houve ainda um furto de cobre naquela localidade.
Ainda a 17 de Abril, em S. Martinho do Porto, houve assaltos em duas propriedades e numa viatura.
No dia 18 um café foi assaltado no Casal do Rei. Em Cortem (Vidais) assaltaram uma garagem, no Pó (Bombarral) uma casa e em São Martinho uma propriedade agrícola. A EDP apresentou queixas pelo furto de fio de cobre na Serra d’El Rei e no Baleal. Na estação elevatória de Ferrel roubaram gasóleo.
A EDP voltou a apresentar queixas por vários furtos de fio de cobre, a 19 de Abril, no concelho de Peniche. Em Alvorninha assaltaram um estabelecimento comercial, no Coto assaltaram uma casa e na zona industrial das Caldas uma fábrica. Houve ainda a registar assaltos num estabelecimento no Arelho e numa sucateira na Benedita. Também na Foz do Arelho foi assaltada uma casa a 20 de Abril.
No dia 21 duas casas foram assaltadas em São Martinho e no Bombarral. Em Óbidos roubaram máquinas industriais. No dia seguinte foi assaltado um estabelecimento em Óbidos e uma residência no Bombarral.

Detenções por excesso de álcool

No dia 18, no Cintrão (Bombarral), a GNR deteve um cidadão estrangeiro que conduzia com uma taxa de alcoolémia de 2,07 gr/l.
Um idoso de 68 anos foi detido pela PSP de Alcobaça, na tarde de 19 de Abril, por conduzir uma mota sem ter carta. No dia seguinte a GNR do Bombarral deteve outro homem que conduzia um veículo sem ter carta.
Quatro condutores foram detidos pela GNR a 22 de Abril. Dois na Benedita (com 1,81 gr/l e 2,41 gr/l), outro na estrada Atlântica (1,42 gr/l) e ainda outro nas Caldas (1,49 gr/l).
De 16 a 22 de Abril a GNR das Caldas da Rainha registou na área do seu destacamento territorial um total de 21 acidentes, dos quais resultaram dois feridos ligeiros.

Pedro Antunes
[email protected]