OCORRÊNCIAS POLICIAIS – Polícia esperou pelos bombeiros para entrar em casa que estava a ser assaltada

0
470
A casa assaltada tem alarme ligado a uma empresa de segurança

A “Casa dos Avós”, na rua dos Artistas, uma residência antiga recuperada há alguns anos, foi assaltada durante a madrugada de 24 de Abril por alguém que escalou o muro, com ajuda de um automóvel que estava estacionado no local. Mais uma vez o caso não foi divulgado pela PSP no seu relatório diário de ocorrências, mas que foi confirmado pelos proprietários ao nosso jornal.
A Gazeta das Caldas soube do assalto através de alguns moradores na rua dos Artistas e foi apurar o que tinha acontecido. Segundo Manuel Loureiro, que mora na casa ao lado, eram cerca das duas e meia da manhã quando o seu filho ouviu o barulho de alguém a partir um vidro, no interior da propriedade.
“A polícia veio, mas não foram capazes de escalar o muro” e acabaram por esperar pelos bombeiros para trazer a auto-escada. “Se eles fossem logo lá, apanhavam ainda os ladrões lá dentro”, contou Manuel Loureiro. “Houve um polícia que comentou que estavam a sair pelo telhado, porque ouviram mexer nas telhas”, disse ainda.A casa costuma estar fechada e os seus proprietários só costumam frequentá-la aos fins-de-semana e nas férias, mas tem um alarme com ligação a uma empresa de segurança. Mesmo assim conseguiram levar artigos no valor de 750 euros, embora tenham deixado um saco com mais objectos que não conseguiram carregar.

Assaltos por toda a região

Um estabelecimento comercial foi assaltado a 23 de Abril na Moita do Gavião. Também na freguesia da Benedita assaltaram uma viatura. Na Atouguia da Baleia roubaram um motor de rega e no Bombarral várias botijas de gás. Na Salgueirinha (Bombarral) houve uma burla com idosos por pessoas que se fizeram passar por funcionários da Segurança Social e médicos. A GNR não revelou os valores envolvidos.
A 24 de Abril foram furtadas duas viaturas em Alvorninha e Bombarral, e assaltado o interior de outra na Atouguia da Baleia. No Bombarral a GNR deteve um indivíduo por posse droga. A Guarda daquela vila recebeu ainda uma queixa pelo furto de um telemóvel. No dia 25 a GNR recebeu uma queixa pelo furto de cabo de cobre na Atouguia da Baleia.
Um homem de 55 anos que tinha fugido do Estabelecimento Prisional de Torres Novas, de onde tinha saído com autorização mas sem voltar como era obrigado a 5 de Abril, foi apanhado pela GNR no Olho Marinho, junto à sua última morada antes de ser preso. O recluso foi conduzido de novo à prisão, sem oferecer resistência às autoridades.
Em Bom Vento (Bombarral) foi assaltado o anexo de uma casa a 26 de Abril. No mesmo dia foram roubados suínos no Coto e assaltado um estabelecimento comercial na Atouguia da Baleia.
Um cidadão estrangeiro de 46 anos foi detido em Peniche, a 27 de Abril, por pesca ilegal. Quatro tampas de saneamento foram furtadas no Bairro da Senhora da Luz. Um carro foi furtado no Baleal a 28 de Abril.
A PSP da Nazaré deteve, na madrugada de 28 de Abril, um homem com 28 anos, que tinha na sua posse haxixe suficiente para a confecção de 995 doses individuais. Segundo as autoridades, a droga, que foi apreendida, teria um valor de cerca de 270 euros.
Um veículo, avaliado pela proprietária em 1500 euros, foi furtado a 28 de Abril nas Caldas e recuperado pela PSP no dia seguinte.
No dia 29 assaltaram uma casa em Alfeizerão e foi apresentada uma queixa por passagem de nota falsa (50 euros) no Mercado de Santana.
Dois cidadãos estrangeiros, com 31 e 42 anos, foram detidos junto à Lagoa de Pataias, a 29 de Abril, pela GNR local, por pesca de espécies em época de defeso. Os indivíduos tinham consigo quatro canas de pesca, um camaroeiro metálico e um camaroeiro com cabo, objectos que foram apreendidos juntamente com um balde onde se encontravam nove carpas, com cerca de quatro quilos. Os peixes foram devolvidos ao seu habitat por ainda se encontrarem vivas.
Várias detenções por excesso de álcool

No dia 23 foi detida, pela GNR de Alcobaça, uma mulher que conduzia uma viatura sem ter carta. No dia seguinte foi detido outro condutor, no Vale do Coto, com uma taxa de álcool no sangue de 2,00 gr/l. No feriado de 25 de Abril a GNR deteve dois condutores na Benedita e outro no Bombarral, por excesso de álcool.
A 26 de Abril a GNR de Alcobaça deteve dois homens, intervenientes em acidentes de condução distintos, por acusarem excesso de álcool. No dia seguinte, em Óbidos, foi detido outro indivíduo com 2,11 gr/l.
Um homem de 57 anos foi detido pela PSP de Peniche, na madrugada de 29 de Abril, por condução de um veículo ligeiro de passageiros com uma taxa de álcool no sangue de 2,32 gr/l.
De 23 a 29 de Abril a GNR das Caldas da Rainha registou na área do seu destacamento territorial um total de 24 acidentes, dos quais resultaram 15 feridos ligeiros.

Pedro Antunes
pantunes@gazetadascaldas.pt