Praça Pública

0
627

O que acha dos carros à venda em espaço público?

Ricardo Fonseca
Ricardo Fonseca, designer (Caldas da Rainha)

Acho que esse tipo de oferta é tão válida como a que está no stand legalizado. Acredito que é uma solução de recurso de quem tem um carro mais velho e que não o consegue vender num stand. Apesar de ser um espaço que não é tão apropriado para isso, acaba por ser uma opção. O mesmo acontece para quem precisa de comprar e não procura um carro tão recente.
Mas também entendo que em termos estéticos na cidade não é tão interessante ter carros estacionados à beira da estrada como estarem num stand todos arrumados e com uma oferta mais seleccionada. Para além de que acaba também por ser uma concorrência desleal para quem tem um espaço aberto e paga uma renda e impostos.

Joaquim Franco, reformado
Joaquim Franco, reformado (Caldas da Rainha)

Acho que não estão muito bem. Os condutores que vão a circular na estrada põem-se a olhar para os carros e é perigoso, distraem-se e pode causar acidentes. Esses locais não são os indicados para ter automóveis à venda, mas acho que não seja uma concorrência directa aos stands porque normalmente junto à via pública estão sempre carros mais velhos. Nunca comprei um veículo nesses locais.

Maria Emília Antunes, reformada da função pública
Maria Emília Antunes, reformada da função pública (Caldas da Rainha)

Não é bonito ver aqueles carros todos junto à estrada, mas normalmente o que se encontra nesses locais são automóveis mais antigos e que já não têm tanta aceitação nos stands.
Apesar de não achar muito bem, julgo que dá para todos viver.
Acho que tem o factor positivo dos condutores que passam abrandarem para ver as viaturas que estão para venda, mas por outro lado também pode ter o efeito contrário, de se distraírem. Ao nível de segurança rodoviária não me parece muito acertado.

[/shc_shortcode]