Praticante de parapente desaparecida em São Martinho do Porto

0
274
Ali ao lado de São Martinho do Porto, mas contrastando com a confusão, chegamos à praia da Gralha, cujo acesso se faz por uma estrada de terra batida. A zona não tem muito estacionamento, mas também não recebe muitas pessoas. Não tem qualquer tipo de apoios de praia e não é vigiada, o que é uma explicação para que tenha tão pouca gente.

Foram ao início desta tarde, 11 de março, iniciadas buscas por uma praticante de parapente de 32 anos, de nacionalidade francesa, que se encontra desaparecida, após alegadamente ter sido avistada a cair à água na praia da Gralha, em São Martinho do Porto, informou a Autoridade Marítima Nacional.

O alerta de que a praticante de parapente teria caído à água junto à praia da Gralha foi dado por volta das 14h30, tendo sido de imediato iniciadas as buscas no local.

Nas operações de busca, coordenadas pelo Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima da Nazaré, encontram-se empenhados tripulantes da Estação Salva-vidas da Nazaré e elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Nazaré, assim como elementos dos Bombeiros Voluntários de São Martinho do Porto. Está também empenhada uma aeronave da Força Aérea Portuguesa.

Segundo a AMN, a mulher de 32 anos encontrava-se a praticar a atividade de parapente acompanhada por outros praticantes, junto à Praia da Gralha, quando alegadamente terá largado o equipamento, tendo acabado por desaparecer.