Presidente da CCDR reclama projeto para o Hospital do Oeste

0
1059
Isabel Damasceno diz que “não basta a vontade” para construir o hospital | Joaquim Dâmaso

Marina Guerra

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro mostra disponibilidade para ajudar a concretizar o futuro Hospital do Oeste, mas diz que, primeiro, é preciso que haja um projeto concreto.
“É [um projeto] muito interessante e necessário, mas tem que ser efetivamente trabalhado. Não basta a vontade, a ideia, se falta depois tudo o resto”, explica Isabel Damasceno, revelando que há fundos europeus disponíveis para a área da saúde.
A antiga presidente da Câmara de Leiria exorta os municípios do Oeste a chegarem a um entendimento. Os autarcas começaram “o trabalho pelo telhado, que é reivindicar” o hospital, faltando “um projeto bom, de qualidade, maduro” para a construção da unidade de saúde.
Isabel Damasceno entende que é “preciso apresentar ideias concretas”, sublinhando que ainda não há localização definida. “Um hospital não é uma escola, precisa de estudos de impacto ambiental, estudos geológicos, há um trabalho imenso para fazer que nunca está feito, nem começado quando se começa a falar do projeto. Se [os municípios] tivessem preparado tudo, haverá fundos”, frisa a responsável da CCDR, rematando: “Não se pode apoiar uma candidatura se não se tem nada para apresentar a não ser o desejo”.

colaboração especial do Região de Leiria