Rodoviária reforça ligações à Zona Industrial

0
187

Passam a existir seis autocarros diários de Caldas para a zona industrial, o primeiro às 6h35 e o último de regresso para a cidade às 20h40

A Rodoviária do Oeste alterou os horários dos autocarros de e para a Foz do Arelho e Nadadouro e adaptou-os para servir a Zona Industrial.
Com esta alteração, que entrou em vigor no dia 11 de outubro, passam a existir, em dias úteis e em período escolar, seis ligações de Caldas à Foz do Arelho, com passagem pela Zona Industrial, por dia. A primeira passa logo às 6h35, seguindo-se 7h20, 8h00, 8h40 e 9h00, mas também 12h00, 13h45, 17h45 e 18h45.
No percurso inverso há cinco horários, sendo que o último autocarro a passar na Zona Industrial em direção às Caldas será às 20h40.

Adaptação permite servir aquele ponto do concelho sem mais gastos

Anteriormente existia apenas um autocarro diário para o interior da Zona Industrial, sendo os restantes para o cruzamento com a estrada nacional.
Cristina Frazão, da Rodoviária do Oeste, disse à Gazeta das Caldas que o objetivo é “garantir ligações em horário laboral à zona industrial”, acrescentando ainda que “a necessidade de reforço da linha já tinha sido identificada antes do período da pandemia, acabando por ser adiada na sequência das restrições da Covid19”. É que, durante o confinamento, os transportes públicos estiveram circunscritos aos mínimos, não fazendo assim sentido criar esta nova oferta.
Com a adaptação dos horários existentes nas ligações que existiam entre Caldas e Nadadouro e Caldas e Foz do Arelho, foi possível reforçar a ligação a este ponto sem que isso implique necessariamente mais quilómetros percorridos ou mais gastos. “É uma adaptação que é uma nova oferta de serviço”, disse.
Além de servir o pólo industrial, o objetivo é que os autocarros continuem a poder servir os alunos destas localidades que se deslocam para a cidade. ■